DIRCEU DETROZ

 -  - DIRCEU DETROZ
Total Visualizações: 126210
Texto mais lido:
BAILARINA - Total: 534
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1639
10 Autores mais recentes...
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1493789
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 251988
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 126210
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112331
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 91627
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 55825
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33920
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31718
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30636
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 26150
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 318
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Eu me apaixonei pelo estilo empolgante do escritor Michael Crichton falecido em 2008, quando li “Linha do Tempo”, que depois virou filme. Não fez tanto sucesso como “O Parque dos Dinossauros”, também baseado num romance de Crichton. Linha do Tempo o livro, é muito mais eletrizante do que o filme.

O que você faria se após seis meses de tratamento e finalmente curado de uma leucemia, descobrisse que suas células são vendidas ao preço de três milhões de dólares cada uma. E pior. Se a justiça decidisse que agora o médico é o dono delas. E não você.

Assim começa “Next”, romance de Crichton que chegou às livrarias em 2006 e continua atual. A ficção de “Next” não chega a ser eletrizante. Talvez, o objetivo fosse mesmo alertar. As notas do autor no fim do livro nos dão a certeza que a ficção do romance, já é uma realidade dentro dos laboratórios de pesquisas.

Falando sobre o ataque em Nice na França, a revista Veja endossou o terrorismo como a praga do século XXI. Eu sempre digo que não temo aquilo que existe. Aquilo que está ali, e eu vejo. Meu temor é por aquilo que existe. Eu sei que está ali, mas não vejo. Neste ponto “Next” apesar de quase cômico, é assustador.

Crichton caçoa dos estudos incluindo no romance um depois desmentido pela ONU e OMS, afirmando que pessoas loiras desaparecerão do planeta em 200 anos. E nos mostra os perigos que correm as pesquisas e pesquisadores quando precisam de financiamentos externos. Incluindo as maiores universidades do mundo.

Os financiadores são grandes corporações do ramo da biotecnologia, que têm como objetivo lucro e poder. E nenhum interesse em curar doenças. No fim, os pesquisadores acabam como empregados, e suas pesquisas usadas com outros propósitos.

Estamos no limiar da “era dos genes”. Num futuro próximo as entrevistas de empregos perguntarão se você possui o gene para mandar, ou para ser mandado. Com base na resposta, e no que a vaga exige, o emprego será seu ou não.

Hoje, a moda são as operações plásticas. A ficção diz que um dia poderemos remover o gene da feiura, e implantar do gene da beleza. Para a alegria de Vinicius de Moraes.

Com exceção de mãe e filho fugindo de perseguidores atrás de suas células, os outros personagens principais são transgênicos. O orangotango que fala diversas línguas, inclusive palavrões, O papagaio francês Gerard. E Dave, um macaco menino. Ou, seria um menino macaco. Nessa confesso que as manipulações genéticas me pegaram.

A tecnologia da biogenética legal ou ilegal chegou para ficar. Resta saber pelo qual caminho ela nos levará. Torço para a realidade não ser pior do que a ficção.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DIRCEU DETROZ:
A "IA" NÃO SERÁ UM MENINO BONITO Autor(a):
A ALMA A SINGULARIDADE E O FUTURO Autor(a):
A CHEGADA Autor(a):
A CULPA NÃO É DOS OSSOS - Crônica escrita em 2014 Autor(a):
A EQUAÇÃO DA ALMA Autor(a):
À ESPREITA Autor(a):
A GENÉTICA DIVINA Autor(a):
A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO Autor(a):
A INFÂNCIA DOS LIVROS Autor(a):
A LIZZ DO DIR Autor(a):
A MAÇA DO CONHECIMENTO Autor(a):
A MENINA NA JANELA Autor(a):
A NOITE DE ONTEM Autor(a):
A NOSSA IDADE DAS TREVAS Autor(a):
A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA Autor(a):
A OBRA-PRIMA DO PERDÃO Autor(a):
A REALIDADE E A FICÇÃO Autor(a):
A SAGA DO SOM ESTÉREO Autor(a):
A SENHA Autor(a):
A SENHA Autor(a):
A UTOPIA CÓSMICA Autor(a):
A VAGINA DO PICASSO (Um conto nada intelectual) Autor(a):
A VARIÁVEL ESQUECIDA Autor(a):
A VARIÁVEL HUMANA Autor(a):
A VEZ DAS CIGARRAS Autor(a):
A VEZ DAS CIGARRAS Autor(a):
A VIDA PREGA PEÇAS Autor(a):
A VISITA Autor(a):
A VISITA DO APOPHIS Autor(a):
AÇÃO Autor(a):