DIRCEU DETROZ

 -  - DIRCEU DETROZ
Total Visualizações: 713652
Texto mais lido:
SIMPLESMENTE LIZZ - Total: 1593
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2982
10 Autores mais recentes...
FELIPE RAFAEL DOS SANTOS
MARIA EDUARDA BARBOSA CASTRO
ALCILEIA
LARA FÁBIA SCHUNCK
EMILLY SCHWAMBACH UHL
WESLAYNE HOLLUNDER PESSOA
BEATRIZ MACHADO DO NASCIMENTO
BARBARA RIBEIRO GOMES VIEIRA
VANDA MARIA MAYER CASAGRANDE
ANA PAULA GIUSEPETI
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 4967253
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 901910
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 757922
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 713652
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 387404
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 205231
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 141449
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 104144
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 95351
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 88001
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 1365
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A MENINA NA JANELA

Entre a menina
e a janela
existem despedidas.

Lá fora
as folhas caindo
ganham a companhia
da chuva,
de repente,
as brumas esconderam
o horizonte
plagiando Avalon,
sopra um ventinho gelado,
é música
para as árvores praticarem
uma bacanal de respingos.

Os pássaros
deixaram a tarde
em silêncio,
para que a menina
ouça o gotejar
da chuva
no telhado,
seus pensamentos
só sossegam
quando são hipnotizados
pela saudade.

Às vezes,
o distante
rouba seu olhar
da chuva,
mas não consegue
roubar seu brilho,
um faiscar radiante
que tornou impossível
não me apaixonar.

Seus cabelos negros
como as asas
da graúna,
ainda estão molhados
pelo banho quente,
que vontade de ser
toda aquela espuma
brincando safadamente
pelo seu corpo,
uma xícara
de café fumegante
esquenta suas mãos
e beija seus lábios.

Lá fora
é a natureza,
olhando pela janela
é a menina
que se despede
do verão.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DIRCEU DETROZ:
10% humano Autor(a):
A "IA" NÃO SERÁ UM MENINO BONITO Autor(a):
A ALMA A SINGULARIDADE E O FUTURO Autor(a):
A causa da ciência Autor(a):
A CHEGADA Autor(a):
A CIÊNCIA ACIMA DE TODOS Autor(a):
A CULPA NÃO É DOS OSSOS - Crônica escrita em 2014 Autor(a):
A década revolucionária Autor(a):
A descoberta da Terra Autor(a):
A EQUAÇÃO DA ALMA Autor(a):
A esperança e a dor Autor(a):
À ESPREITA Autor(a):
A ESTRANHA INTELIGÊNCIA Autor(a):
A falta de sorte deles Autor(a):
A garota de Sugar Beach Autor(a):
A garota dos coturnos voltou Autor(a):
A GENÉTICA DIVINA Autor(a):
A História e a lenda Autor(a):
A IA e o xadrez Autor(a):
A ideologia dos algoritmos Autor(a):
A ideologia e a cultura Autor(a):
A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO Autor(a):
A INFÂNCIA DOS LIVROS Autor(a):
A LIZZ DO DIR Autor(a):
A MAÇA DO CONHECIMENTO Autor(a):
A MENINA NA JANELA Autor(a):
A morte da morte Autor(a):
A negação dos radicais Autor(a):
A NOITE DE ONTEM Autor(a):
A NOSSA IDADE DAS TREVAS Autor(a):