DIRCEU DETROZ

 -  - DIRCEU DETROZ
Total Visualizações: 107086
Texto mais lido:
BAILARINA - Total: 469
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1584
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1328113
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 239409
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 111005
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 107086
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 86420
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 48280
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 31009
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 29441
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 28112
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 24425
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 445
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 1
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A NOITE DE ONTEM


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Talvez, quando nossos olhos abertos,
viram o dia amanhecer
nem acreditamos que aquela noite existiu,
mas ela existiu.

Uma noite
de preliminares e amor.

Depois, fomos tomados de assalto,
por sentimentos a flor da pele,
daqueles ainda nunca sentidos,
que rapidamente se espalharam
por todo o corpo,
e fizeram doer o coração.

Doeram nos olhos
que não conseguiram
segurar as lágrimas salgadas.

E choramos,
apenas nos deixamos chorar
se olhando nos olhos.

Dizendo tantas coisas,
sentido outras tantas
que queriam explodir.

Ah! as palavras,
os momentos que ficamos
sem as palavras,
os momentos em que as lágrimas
diziam bem mais que as palavras.

Não sei o que aconteceu
com você depois,
sei apenas o que aconteceu comigo.


Minhas lágrimas
ainda demoraram a secar,
teimavam em não deixar
meus olhos adormecerem.

É, choramos
você minha flor de Lizz
e eu teu benquerer.

E de manhã,
quando vi o sol entrando na minha janela,
eu já estava convencido
que não foi uma noite de tristeza.

Noites assim
como a nossa de ontem,
servem para que
os olhos de um possam
enxergar o amor que existe
dentro do coração do outro.

Nesses anos todos
nossos corações nunca se abriram
e nem se falaram
como na noite de ontem.

Então, quando te deixei um bom dia,
e um beijo,
eu já estava mais feliz.

Tinha esquecido as lágrimas
pra lembrar nossas telepatias
aquelas que são apenas nossas.

Tinha esquecido a dor
pra lembrar-se do amor que fizemos,
aquele que é também só nosso.



E quando você vier outra vez,
minha boca estará esperando
a tua boca.

Só com meus beijos,
com teus beijos,
e corações disparados
com nossos orgasmos
esqueceremos que a noite
de ontem existiu.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DIRCEU DETROZ:
A "IA" NÃO SERÁ UM MENINO BONITO Autor(a):
A ALMA A SINGULARIDADE E O FUTURO Autor(a):
A CHEGADA Autor(a):
A CULPA NÃO É DOS OSSOS - Crônica escrita em 2014 Autor(a):
A EQUAÇÃO DA ALMA Autor(a):
À ESPREITA Autor(a):
A GENÉTICA DIVINA Autor(a):
A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO Autor(a):
A INFÂNCIA DOS LIVROS Autor(a):
A LIZZ DO DIR Autor(a):
A MAÇA DO CONHECIMENTO Autor(a):
A MENINA NA JANELA Autor(a):
A NOITE DE ONTEM Autor(a):
A NOSSA IDADE DAS TREVAS Autor(a):
A NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA Autor(a):
A OBRA-PRIMA DO PERDÃO Autor(a):
A REALIDADE E A FICÇÃO Autor(a):
A SAGA DO SOM ESTÉREO Autor(a):
A SENHA Autor(a):
A SENHA Autor(a):
A UTOPIA CÓSMICA Autor(a):
A VAGINA DO PICASSO (Um conto nada intelectual) Autor(a):
A VARIÁVEL ESQUECIDA Autor(a):
A VARIÁVEL HUMANA Autor(a):
A VEZ DAS CIGARRAS Autor(a):
A VEZ DAS CIGARRAS Autor(a):
A VIDA PREGA PEÇAS Autor(a):
A VISITA Autor(a):
A VISITA DO APOPHIS Autor(a):
AÇÃO Autor(a):