DIRCEU DETROZ

 -  - DIRCEU DETROZ
Total Visualizações: 755913
Texto mais lido:
MATINÊ - Total: 1668
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 3017
10 Autores mais recentes...
SIDNAIDE DALINA DOS SANTOS
JOSE HENRIQUE SANTOS
ELIZANDRO APARECIDO ROCHA DOS SANTOS
MARIA DE LOURDES ALVES RIBEIRO FIDELES
FELIPE RAFAEL DOS SANTOS
MARIA EDUARDA BARBOSA CASTRO
ALCILEIA
LARA FÁBIA SCHUNCK
EMILLY SCHWAMBACH UHL
WESLAYNE HOLLUNDER PESSOA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 5326703
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1016820
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 815655
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 755913
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 419781
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 216720
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 144612
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 111539
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 102898
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 93910
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 525
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A vez do ciclone

Mesmo assustado com algo que nunca tinha visto antes, quando o vendaval atingiu Rio Negrinho - SC na tarde de quarta-feira primeiro de julho, pensei ser um fenômeno isolado. Os telefones celulares e a internet deixarem de funcionar poderia ter por causa falta de energia elétrica. Quem ainda tinha telefone convencional recorreu a ele. Quem deixou de ter, possivelmente se lembrou dele. Agora pensarei duas vezes antes de me desfazer do meu.

Foi só na manhã de quinta-feira, com a internet voltando a funcionar que a tragédia ficou evidente. Praticamente toda a Região Sul foi castigada pelo mesmo evento climático. Acredito que como o furacão Catarina em 2004, e sem se esquecer do raio quebrando o recorde de duração no planeta, assistimos outro fenômeno sem precedentes na região, apesar de ser comum ciclones se formarem.

Logo o choque dos registros fotográficos da destruição nas redes sociais chamou a atenção da grande mídia nacional. Estações climáticas mediram ventos de 70 a 120 km/h. Árvores foram arrancadas do chão pela raiz. Telhados pareciam folhas de papel voando em todas as direções. Sem precedentes também, foram os estragos na rede de energia elétrica. Dez foram as vidas humanas levadas pelo ciclone.

A nomenclatura “ciclone bomba” foi incluída ao nosso vocabulário. Reportagens da BBC News, jornal O Globo e revista Veja, ajudam entender como um evento com essa capacidade de destruição se formou tão rápido. Veloz, atravessou toda a Região Sul de Oeste para Leste praticamente numa tarde.

O nome ciclone vem do efeito de centrifugação criado pelos ventos e a rotação da Terra. Sua formação acontece quando o ar frio do continente se choca com o ar quente vindo do oceano. Ocorre então uma queda na pressão atmosférica. que é o peso na coluna de ar sobre a terra. Na Argentina e no Paraguai, onde o ciclone se formou as temperaturas estavam elevadas. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina as temperaturas estavam baixas. Isso potencializou o evento.

Um especialista ouvido disse que um “ciclone bomba”, não tem ligação direta com as mudanças climáticas. Outro especialista mudou tudo. Disse que o aumento da temperatura dos oceanos fará com que fenômenos altamente destrutivos sejam cada vez mais frequentes. Oceanos mais quentes geram mais energia e ventos mais fortes. Os oceanos estão se aquecendo devido as mudanças climáticas causadas pelos humanos. Não devemos pensar no “ciclone bomba” como um acontecimento isolado.

Como sempre gosto de dizer, aqui no planeta Terra os intrusos somos nós com o nosso também alto poder destrutivo. O planeta sempre está nos enviando suas mensagens de alerta. Como elas não nos chegam por SMS nem por redes sociais não temos a capacidade de interpretá-las. Um dia, e se aprendermos poderá ser tarde demais.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DIRCEU DETROZ:
10% humano Autor(a):
A "IA" NÃO SERÁ UM MENINO BONITO Autor(a):
A ALMA A SINGULARIDADE E O FUTURO Autor(a):
A causa da ciência Autor(a):
A CHEGADA Autor(a):
A CIÊNCIA ACIMA DE TODOS Autor(a):
A CULPA NÃO É DOS OSSOS - Crônica escrita em 2014 Autor(a):
A década revolucionária Autor(a):
A descoberta da Terra Autor(a):
A EQUAÇÃO DA ALMA Autor(a):
A esperança e a dor Autor(a):
À ESPREITA Autor(a):
A ESTRANHA INTELIGÊNCIA Autor(a):
A falta de sorte deles Autor(a):
A garota de Sugar Beach Autor(a):
A garota dos coturnos voltou Autor(a):
A GENÉTICA DIVINA Autor(a):
A História e a lenda Autor(a):
A IA e o xadrez Autor(a):
A ideologia dos algoritmos Autor(a):
A ideologia e a cultura Autor(a):
A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO Autor(a):
A INFÂNCIA DOS LIVROS Autor(a):
A LIZZ DO DIR Autor(a):
A MAÇA DO CONHECIMENTO Autor(a):
A MENINA NA JANELA Autor(a):
A morte da morte Autor(a):
A negação dos radicais Autor(a):
A NOITE DE ONTEM Autor(a):
A NOSSA IDADE DAS TREVAS Autor(a):