ANDRADE JORGE

 -  - ANDRADE JORGE
Total Visualizações: 30614
Texto mais lido:
FAÇA UMA PONTE - Total: 474
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 785
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2058456
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 291063
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 180816
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 115910
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 104618
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 85814
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 55649
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 42039
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 37320
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 37296
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 115
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

PENSOU EM MIM?


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Pensou em mim? Essa era a pergunta preferida que Lilica fazia ao seu namorado, quando se encontravam. Ele respondia laconicamente: “pensei”. Mas ela insistia: “ pensou bastantinho ou bastantão?”. Ele repetia a mesma resposta: “pensei”.
Lilica que na verdade chamava-se Eliana, era uma moça bonita, simpática, romântica, sonhadora, vivacidade estampada no semblante, e dona de um sorriso encantador. Ela conquistava todos que conheciam-na porque também era muito prestativa, sempre solicita, daquele tipo “pau pra toda obra”. Com todos estes predicados, dons inatos buscou um curso onde se identificasse com a profissão, assim foi fazer Serviço Social. Seu namorado era o Carlos Henrique, que Lilica chamava carinhosamente de Cacá. Ele era oposto de Lilica, metódico, reservado, detalhista, e seu negócio eram as ciências exatas, calcular era com ele mesmo. Adorava matemática e física, e seu desejo era ser um cientista físico, para trabalhar em projetos espaciais. E estava estudando muito pra isso.
Quem conhecia bem Lilica e Carlos Henrique ficava se perguntando: “Como pode dar certo esse namoro?”Pois é, o amor tem dessas coisas, juntar os opostos. Mas na realidade os dois se davam muito bem, porque Lilica apimentava um pouco a vida dele, e ele colocava um pouco de razão na vida dela, que era de muita, mas muita emoção.
Mas havia uma coisa que incomodava Carlos Henrique, quando Lilica o encontrava e vinha com aquela pergunta: “Pensou em mim?” e depois “bastantinho ou bastantão?” Tinha vezes que ele perdia um pouco a paciência e respondia: “pensei, oras! Sei lá se foi bastante ou pouco, sei que pensei!” Lilica ficava toda chorosa e dizia:
___ “poxa amor, não precisa falar assim, só queria saber se pensou em mim”. E assim viviam os dois, mas ninguém duvidava que eram completamente apaixonados.
No dia do terceiro aniversário de namoro deles, combinaram que iriam jantar num restaurante chic e depois pra fechar a noite com chave de ouro (nesse caso era para abrir a noite), um luxuoso motel, afinal mereciam. E assim aconteceu.
O jantar foi maravilhoso, com direito a um concerto exclusivo de violino, champagne francesa, flores e tudo mais. Saíram e foram para o motel, que inclusive já haviam reservado. Estavam felicíssimos ao entrarem na suíte especial. Realmente a suíte era luxuosa, tudo de bom. Ligaram o som, musica romântica, começaram dançar apaixonadamente, rosto colado, corpo igualmente, foi aí que Lilica toda amorosa fez a famosa perguntinha:
___ “amor você pensou em mim hoje?” Carlos Henrique parou de dançar, olhou longamente para sua amada, e delicadamente pediu pra ela sentar na cama, e falou “Ah! Minha querida vou te explicar direitinho o quanto penso em você”

___ Li, o dia tem 24 horas, e eu penso em você 1 vez a cada uma hora, portanto são 24 pensamentos. Você ta acompanhando o raciocínio? Então, cada vez que penso em você fico pensando por 10 minutos, logo num dia penso em você 14.400 segundos, ou seja 240 minutos que transformados em hora teremos 4 horas. Isto significa, minha querida, que num universo de 24 horas, penso em você 16% do dia. Entendeu? Lilica balançou a cabeça dizendo que sim, estava estupefata com a exposição de Carlos Henrique. E ele ainda emendou: “ta vendo como penso em você pra caramba!” Lilica saindo daquele semitranse falou:
___ Poxa amor! Você foi fundo agora! mas gostei viu, agora sei o quanto você pensa em mim”“.
Abraçaram-se carinhosamente e o amor, desejo, paixão, tesão, fluíram e beijos cada vez mais ardentes foram sucedendo-se, e os corpos se entrelaçando. Até que Carlos Henrique, todo apaixonado, sussurrou no ouvido da amada:
___ Li o quanto você me ama?” Ela respondeu de imediato”.
___ Ô meu amor, te amo mais que a distância da terra a lua, só que elevada ao cubo.
Carlos Henrique deu um longo suspiro, e voltaram a se beijar novamente. Os dois já estavam chegando no ápice, no êxtase total, no momento supremo, ela gemia de prazer, e ele soltava uns “ah!”, “ééé”, “hum!” . Lilica notou que a performance de Cacá estava diferente, explica-se, diferente para melhor, muito melhor, seu amado estava simplesmente levando-a as nuvens como nunca houvera feito antes, não que as anteriores tivessem sido ruins, mas essa estava acima da expectativa. Como diria um personagem de novela: estava “felomenal”. Até que ela numa entrega total, gritou: agoraaa, agoraaa, agora amor.... e ele respondeu: “sim!” “ahhhh” e com a voz embargada de paixão, disse: ___ “amor à distância é de 56 quatrilhões, 800 trilhões, 235 milhões de kilometros entre a terra e a lua, elevada ao cubo, agora sei o quanto você me ama”. E a beijou ternamente. Lilica depois de se recuperar totalmente disse toda apaixonada:
___ Nossa amor você foi demais! O que você falou mesmo sobre quatrilhões, trilhões?
___ Ah! Querida cheguei no resultado da questão que você me falou sobre a distância entre a terra e a lua só que elevado ao cubo, e disse que agora sei o quanto você me ama.
___ Ô amor você já sabia esse resultado?
___ Não sabia. Calculei enquanto a gente fazia amor gostoso.
Depois daquele dia os amigos de Lilica estranharam o fato dela sempre estar lendo livros de física, matemática, e quando perguntada respondia:
___ Nunca se sabe quando iremos precisar de uns exercícios.... as ciências exatas auxiliam em tudo, em tudo pode crer! E saia com aquele brilho no olhar.

13/09/05
ANDRADE JORGE
DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS



Do livro "Contos, En...cantos & Peripécias"

imagem google

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ANDRADE JORGE:
"X" Autor(a):
"X" (poesia reflexão) Autor(a):
A CHUVA Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A MULHER DO BARBEIRO (conto) Autor(a):
A MULHER QUANDO AMA Autor(a):
A PAZ Autor(a):
A TÁBUA (lição de vida) Autor(a):
ACADÊMICO ANDRADE JORGE Autor(a):
ACASO Autor(a):
ACQUA Autor(a):
ACQUA (poesia traduzida para o idioma Italiano) Autor(a):
ADEMILDE Autor(a):
ÁGUAS DE SALTO Autor(a):
AMANHÃ Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMAR Autor(a):
AMIGA Autor(a):
AMIGA Autor(a):
ANGELICAL E DEMONÍACO Autor(a):
ANJOS Autor(a):
APAGÃO Autor(a):
APAGÃO (Cotidiano) Autor(a):
ARDIL Autor(a):
ASNEIRAS & BESTEIRAS (poesia amor) Autor(a):
ATCHIMMMM! (poesia infantil) Autor(a):
ATRIZ Autor(a):
ATRIZ (POESIA REFLEXÃO) Autor(a):