CARLOS ALVES

 -  - CARLOS ALVES
Total Visualizações: 1837
Texto mais lido:
Poesia - Total: 114
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 186
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1323458
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 239092
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110921
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 105680
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 86212
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 48039
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 30924
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 29382
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 28030
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 24341
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 26
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Sonhar


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Sonhar
Sonhar é um prazer e tanto... As vezes é um pesadelo, mas quase sempre é um encanto.
No sonho a gente é agradável e querido, logo depois é o contrário, o sonho muda o cenário, e a gente é odiável e bandido.
Nada do sonho é sabido, em que pese os entendidos, é sempre a contradição
Mas com meus botões pensando, acabei acreditando, que ele segue o coração.

Sonhando a gente faz tudo, com a meiguice do veludo ou a rudeza do despótico
Com probidade ou vileza, santidade ou safadeza, em sonho casto ou erótico...
Quem, de ilibada moral, já não sonhou com o bem ou o mal, e acordou envergonhado...
E para mais doer a sova, ao acordar trouxe a prova, do seu sonho de pecado.

Quem já não sonhou estar voando, gostosamente planando, num vento sem direção...
Quem já não sonhou estar caindo e devagarzinho sumindo, num poço de escuridão...
Ou acordou chorando, de com medo estar cavando, a própria cova no chão.
¬Convenhamos, todos sonhamos, você pode dizer que não?

Quem já não ficou triste ou alegre ao acordar, quando acabou de sonhar
com sua pequenez ou grandeza...
Se somos o mel da ternura ou então o fel da amargura, o sonho não da certeza...
Mas pensar nisso é medonho, pois o que acontece no sonho
É de nossa natureza

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de CARLOS ALVES:
À noite Autor(a):
A VIDA EM FLOR Autor(a):
Ah! Como eu queria Autor(a):
Alem da vida Autor(a):
Ao leu Autor(a):
Coração de pedra Autor(a):
Encanto Autor(a):
Esperança Autor(a):
Eu te amo mais Autor(a):
Eu te amo mais Autor(a):
flertes Autor(a):
Impossivel te esquecer Autor(a):
Insaciavel Amor Autor(a):
Jardim da existência Autor(a):
Lágrimas Autor(a):
louco... Autor(a):
meu amor em rimas Autor(a):
noites de outono Autor(a):
O Amor Autor(a):
Poesia Autor(a):
Santos Autor(a):
Saudade Autor(a):
Sonhar Autor(a):
Sublime amor Autor(a):
Tempo Autor(a):
Transcendência Autor(a):
Tu Autor(a):
velho Autor(a):