ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 123076
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2535
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 211
10 Autores mais recentes...
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
SALETE APARECIDA DOS SANTOS
TAMARA SCARLAT PEREIRA DE SOUZA
CRISTHIANY RODRIGUES DE OLIVEIRA
NALDO VELHO
VIVIANE NEVES CARDOSO
HAMILTON RAUL SERPA
JUAREZ VELÁSQUEZ DE MELLO CARVALHO
ARIEL ALVES DA SILVA
LUIZ HENRIQUE GOMES PATRIOTA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 699509
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 123076
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 105735
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 54850
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 31704
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 21276
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 16269
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 15025
247 VANESSA  SOARES
VANESSA SOARES
Total: 14705
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 14260
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 36
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Feitos um para o outro (T1337)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Quem foi que disse
que não nascemos um para o outro.
Como a lua nasceu para a noite,
como o sol nasceu para o dia,
como as nuvens enfeitam o céu,
assim somos nós a vivermos juntos.
Como as ondas beijam a areia da praia,
como a borboleta beija a flor,
como a gaivota plaina no ar,
assim somos nós em uma só voz.
Como a música se casa com a letra,
como a poesia se casa com os versos,
como o vento acaricia as árvores,
assim somos nós, não existe o acaso.
Como a chuva que cai e se une ao solo,
como o rio que corre se une ao oceano,
como a tristeza se desfaz em meio ao sorriso,
assim somos nós, feitos um para o outro.

Alexandre Brussolo (26/09/2011)
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):