TÂNIA DU BOIS

212 -
Total Visualizações: 2937
Texto mais lido:
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM - Total: 201
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 168
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1605460
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 261661
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 135871
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113227
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 94930
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 62178
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 35938
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33233
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32568
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 29997
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 103
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

COR no ESCURO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

“Há na noite uma brecha / sem substância / Onde a luz gesticula...”
(Sonia Regina)

Na vida existem dois lados: o claro e o escuro, um bom e outro ruim. O lado claro revela partículas cintilantes; o lado escuro enriquece e deixa o brilho ofuscante. Sobrevivemos em qual lado? Segundo Pedro Du Bois, “A cor / condensa / o sentimento //... comprime a angústia e a despreza // -somos cores divididas.”
A paixão nos surpreende por colorir nossas vidas, comparada com a beleza incomparável da natureza, ela completa o estilo de vida. Embora haja consenso sobre o tema, busco a cor no escuro, no que mostra e esconde. Tenho receio de quanto as demandas individuais são dispersas, mas tenho certeza da importância de compartilhar com as pessoas para manter a parceria com quem gostamos, como em Marisa Barros, ”...Prefiro qualquer coisa sem sombra /No escuro da noite / Assim te encontro e sou mais rosa.”
Não explico a cor no escuro, apenas desafio o escuro: a noite, o medo atingido pela dor revolta o silêncio e, quem sabe, a palavra final. O objetivo é fazer com que se veja sob outra perspectiva; a importância do escuro junto com o claro ao discutir os argumentos porque, ao participar da decisão, elevam-se as opções para descobrir o que se pode fazer com a escolha: influir nas atitudes diante da vida e na relação da cor no escuro, ou clarear para escurecer? Qual é o lado escuro? Fora ou dentro de quê? Lêdo Ivo diz, “Paramos à estrada / da ponte que separa / os mortos e os vivos / e ninguém atravessa / seja no dia claro / ou na noite caída...” Segundo Vera Casa Nova, “A cor revela / Delírios...”
Como sair desse emaranhado se é vital que o dia seja claro e a noite escura? Amar é claro ou escuro? O mar, o vento e a paisagem são claras como a noite? Imagino e só vislumbro duas possibilidades, uma é descartar o amor em tons pastéis e, a outra, que a noite é clara. Nesse jogo, a imagem de cores desencadeia os sentidos ao refletir a instabilidade emocional e confundir a cor no escuro; como em Lêdo Ivo, “Que rumos é este no escuro das árvores...?”, e em Pedro Du Bois, “... – sou cores realizadas em tina / e represento vontades: claras / escuras amarelas e vermelhas. / Pranteio o antecedente espaço / e me aprofundo em brancos. //... – sou cores fixadas sobre a pedra / e me digo consentâneo em respostas”.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de TÂNIA DU BOIS:
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM Autor(a):
A BUSCA da BELEZA Autor(a):
A CARTA Autor(a):
A casa Autor(a):
A COR do INVISÍVEL ( II ) Autor(a):
A COR do INVISÍVEL (I) Autor(a):
A IMAGINAÇÃO É SUFICIENTE PARA DESCREVER O MUNDO? Autor(a):
ARTE: VOCAÇÃO E PAIXÃO Autor(a):
AS APARÊNCIAS ENGANAM Autor(a):
AS MÃOS Autor(a):
AUTÓGRAFOS Autor(a):
CASSINO DA MAROCA Autor(a):
CENA de RUA: livro de imagens Autor(a):
CONVERSANDO sobre SEXUALIDADE Autor(a):
COR no ESCURO Autor(a):
DIAS PERDIDOS Autor(a):
Elogiar Autor(a):
EM PASSOS PESSOAIS Autor(a):
ESTANTE Autor(a):
EXÍLIO Autor(a):
Há tempo para a literatura? Autor(a):
HARMONIZAR O VIVER Autor(a):
INTERPRETAÇÕES Autor(a):
JOGO DA VIDA: SEI DO MEU TAMANHO Autor(a):
JOGO de CORES (I) Autor(a):
LIVROS E LOMBADAS Autor(a):
MÃE: vida real Autor(a):
MENTES BRILHANTES Autor(a):
O QUE FAZER? Autor(a):
O TEMPO E O CONTADOR DE HISTÓRIAS Autor(a):