Colunista Efuturo: MONIKI AGUIAR

Colunista: MONIKI AGUIAR MOZZER DENUCCI
Linguagem

Visualizar Currículo

Linguagem

Total de Leituras: 33

*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***


Descrição:
O texto fala acerca da importância do estímulo da faLa e linguagem no desenvolvimento infantil
Fala e linguagem se inter relacionam da mesma forma que o pensamento se relaciona com o conhecimento. O que acontece quando escutamos alguém falar uma língua que não conhecemos? A comunicação não se estabelece, não é mesmo?  A fala e os sons soarão aos nossos ouvidos como um amontoado de sons que se assemelharão como uma música sem ritmo, sem melodia...  A palavra-chave que se agrega à comunicação traz uma nova conotação, e ela é o conhecimento. É necessário conhecer a linguagem para estarmos aptos a falar a língua. Quando falamos de linguagem temos que mencionar a cognição. O processo que chamamos de atividade cognitiva, é onde o nosso cérebro irá processar constantemente informações que vêm do meio externo e interno.  É por meio da linguagem que o homem antecipa suas ações, constrói relações, transfere conhecimentos, modifica e constrói comportamentos , tornando-se assim sujeito. Para Chomsky, um dos linguistas que mais contribuiu para o entendimento da aquisição da linguagem, a define como sendo um sistema autônomo da capacidade cognitiva, inata ao ser humano. A linguagem inicia-se nos primeiros contatos do bebê com o mundo, por meio da interação com o meio e as pessoas ao seu redor. Com os estímulos que recebe, o bebê aos poucos irá se desenvolvendo, experimentando e sua linguagem se aprimorando.  No início o bebê passará grande parte do tempo dormindo, aos poucos, esse bebê ira passar cada dia mais acordado e começará a dar mais atenção e um reconhecimento auditivo que antes não ocorria.  Os sons começarão a fazer sentido para o bebê  de acordo com o significado que os adultos darão a ele.  Com o tempo, a criança descobre que ela também é um fazedor de sons e esse processo passa a ser muito estimulante. O som produzido pela criança, ainda sem significado, chamamos de balbucio. O bebê irá perceber que as pessoas ao seu redor usam uma forma de comunicação, tendo em vista o seu retorno auditivo e com a estimulação que ela vivenciará, a criança passará a ter uma produção linguística cada vez melhor. É muito importante que a criança seja estimulada a falar e que possamos desenvolver diálogos com essa criança, estimulando cada vez mais sua linguagem; Os pais, cuidadores, professores, etc devem promover atividades que estimulem a fala e a linguagem de forma completa, simples e lúdica. A ludicidade vem para oportunizar o aprendizado através da afetividade vivenciada pelo prazer.É preciso que a criança encontre significatividade dentro do seu contexto social para a fala e a comunicação. E para que ela encontre essa lógica e significatividade, é necessário que dentro do seu contexto social haja comunicação, diálogo, afetividade, brincadeiras entre outras formas que permitam  que sejam explorada a comunicação desse individuo como um todo. Viver em sociedade é aprendizado ! E o aprendizado da linguagem e fala precisam estar inseridos desde o incio para que a criança perceba a importância que ambos possuem.  

É necessário estar logado para poder COMENTAR O TEXTO!