SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 3781561
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 3243
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 4530
10 Autores mais recentes...
CELSO J.
VALERIA BRITO BULHOES ROCHA
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
WALLACE MARINS
DEIVID
IVONE DETTMANN GONCALVES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 3781562
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 545189
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 517097
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 509116
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 257169
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 157459
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 131199
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 74907
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 65612
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 63472
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 916
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A PRAGA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 29/11/2003.

A boca feita foi para falar
Mas há tempo de calar
O ouvido para ouvir
Os pés para fugir
Do mal que está para vir
Os olhos para olhar
O tempo na ampulheta
Que está a esgotar
E os gafanhotos em bando
Comendo todo o verde
Num campo de concreto
Dum acontecimento real
E realmente não foram eles
São laranja as dúzias
Quais tipos de laranjas, afinal?
Peras, seletas ou da baia?
E o feijão de montão,
O arroz com macarrão,
O frango com o coração
E o preço uma tentação.
Aconteceu no Egito!!!
Ouve-se tamanho grito
E duma lei soou o apito:
Praga de gafanhotos
Levantou-se na eleição!
Corja de salafrários na nação,
Nódoa que mancha a pátria!
E têm todos colarinhos brancos,
E muito verde nos bancos,
E riem da mulher vendada
Faz jus e atiça a tartaruga
Que segue muito lenta
E cai no abismo do esquecimento
Com o barco e prédio,
Com os anões e o remédio,
Com as pedras que são preciosas
E os fiscais em dores copiosas
Merecem todos um brasil
De ferro que marque
Escrito em pura arte:
«EXCREMENTO DA NAÇÃO»
«FILHOS DE PROSTITUIÇÃO»

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):