SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1815039
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2477
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2710
10 Autores mais recentes...
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1815039
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 275639
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 155417
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 114487
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 100300
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 72909
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 40754
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 39127
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 35450
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 35184
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 369
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ANDRÉ LUIZ


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 16/10/89.

Anda em minha presença
Nada deve mudar tua crença
Dou-te saber espiritual
Rios fluirão em caudal
É no eterno o alicerçar.

Lutas podem tua vida marcar
Um sorriso ao fim brilhará
Inda que nuvens tentem obscurecer,
Zumbindo o vento passa e o sol luzirá.

Das matas ouves os pássaros a trilar
E as abelhas, zumbindo, tocam as flores.

As borboletas andam a revoar
São milhares as suas cores,
Sob o céu as andorinhas chilreiam,
Umas cantigas no vaguear permeiam.
Nota a suavidade nas águas do rio,
Como a cachoeira está a cantar,
Ao ouvido é doce o seu chuá
O que a fez lhe deu o afinar.

Muitas as maravilhas são
Os olhos que observam vêem
Um ouvido atento prova a harmonia
Rege com poder Minha Mão
A esta grande sinfonia.

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):