DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS

3687 -
Total Visualizações: 35
Texto mais lido:
Luta de Mulher - Total: 35
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 10
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2226143
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 302988
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 198564
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 116851
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 107222
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 96702
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 70009
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 43752
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 38826
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 38648
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 35
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Luta de Mulher


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Desde criança teve que conhecer a vida cedo, sem escolha, teve que começar a
trabalhar, seu primeiro emprego foi de babá, já seu segundo emprego foi de doméstica,
seu terceiro foi cuidadora de idosos. Ao meio de seus empregos, foi humilhada e muitas
vezes não ganhava um bom salário, porém por ser criada pela avó sofria muito por
desprezos e humilhações. Com tudo isso, ela amava a avó mesmo com toda essa
circunstância, ela se sacrificava pela sua família e nunca desistiu de lutar e amar ao
próximo. Ao passar do tempo, sua vida seguiu de mal a pior, ela se envolveu com o
primeiro companheiro e aos 19 anos engravidou onde teve mais complicações na sua
vida. Trabalhando 24 horas por dia sem parar para ganhar dinheiro extra.
Quatro meses depois, se envolveu com outro rapaz e teve sua segunda filha, na qual o
seu sofrimento aumentava mais e mais. Após o seu namorado descobrir da gravidez
pediu para retirar a criança, mas ela negou-se a fazer tal ato e foi abandonada por ele.
Ao dia do nascimento do bebê, ninguém se disponibilizou a acompanha-la, o
atendimento foi imediato e a parteira pediu a criança, mas ela se negou a entregá-la.
Em seguida, de volta para casa, foi rejeitada pela família. Dois anos se passaram e Lucy
conheceu outra pessoa onde teve mais 2 filhos gêmeos, eram contra a relação dos dois,
cuja família pediu para que abortasse. Ela tomou uma pílula na qual ocasionou a morte
do feto. No dia do parto ela recebeu essa notícia, entristeceu seu coração e continuou a
cuidar da sua família.
Aos seus 32 anos casou-se e conviveu com seu marido e seus filhos, passaram apertos,
sofrimentos. Entretanto nunca desistiram de lutar.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS:
Luta de Mulher Autor(a):