PAULO FONTENELLE DE ARAUJO

 -  - PAULO FONTENELLE
Total Visualizações: 8060
Texto mais lido:
DELÍRIO DE PEIXE - Total: 109
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1147
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1323460
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 239092
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110921
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 105680
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 86213
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 48040
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 30924
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 29382
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 28030
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 24341
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 81
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A LISTA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Acordo
Acordo
e prontamente irrompo a lembrar
os mesmos mortos.
Refaço a lista durante o dia
e todos estão presentes;
os mesmos rostos
distorcem a minha compreensão.
Não sei a razão deste rol
e guarda impecável.
Vêm de longe
meu pai, minha mãe em fotos sumidas
(um flash dentro de mim separa um instante,
pergunta quem são estes pais
e se permanecem em sonho,
eu choro pelo mistério),
Mas também há outras pessoas.
Elas se refazem na embalagem das horas.
Repetem uma cena remota,
enquanto eu confio no aceno futuro
que tudo ajustará para meu filho crescido.
E listo ainda o amigo louco,
acomodo a namorada santa
quando ando na rua,
lembro da outra:
jurava ser santa,
embora abrisse seus peitos formosos
para o encaixe nas fotos,
permanência.

Todos os mortos caem de forma contínua,
cachoeiras combinam
o tempo deles chegarem ao líquido,
o momento de surgirem nos morros.
E até os vivos saídos
não percebem a própria eternidade.

Acordo
Refaço a longa lista dos mesmos mortos
Eles estão do outro lado do meu olhar,
atrás da câmera,
na faixa de travessia para pedestres,
sempre aos pedaços, nas beiradas
e nos cantos.

DO LIVRO: "ADVERSOS E OUTROS MOMENTOS"

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de PAULO FONTENELLE DE ARAUJO:
20 DE JANEIRO DE 1983 Autor(a):
A ALMA SURDA Autor(a):
A BELEZA, QUARTA DIMENSÃO Autor(a):
A CIDADE POSSÍVEL Autor(a):
A DESCONSTRUÇÃO Autor(a):
A FORMIGA ALHEIA Autor(a):
A LISTA Autor(a):
A MÁQUINA DO TEMPO Autor(a):
A MULHER DO LOUCO Autor(a):
A MÚMIA Autor(a):
A PRIMAVERA DAS FADAS Autor(a):
A SONDA AMERICANA VOYAGER I Autor(a):
A TEVÊ LIGADA Autor(a):
ALGUMAS PRINCESAS Autor(a):
ALMA SURDA Autor(a):
AMOR AOS DOZE ANOS Autor(a):
AMOR ATO CINCO Autor(a):
AMOR ATO DEZ Autor(a):
AMOR ATO DEZESSEIS Autor(a):
AMOR ATO DEZESSETE Autor(a):
AMOR ATO OITO Autor(a):
AMOR ATO ONZE Autor(a):
AMOR ATO SEIS Autor(a):
AMOR ATO TRÊS Autor(a):
AMOR ATO UM Autor(a):
ANDANDO PELO CALÇADÃO Autor(a):
ANÚNCIOS BRANCOS Autor(a):
AQUI SE MORRE DE CÂNCER Autor(a):
AS CRIANÇAS DO GENERAL MÉDICI Autor(a):
AS MARCAS Autor(a):