EACOELHO

 -  - EACOELHO
Total Visualizações: 7885
Texto mais lido:
A ARTILHARIA DA DIREITA (5 anos de artilharia) - Total: 542
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 143
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2037084
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 289453
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 177724
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 115741
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 104142
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 84429
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 53944
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 41774
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 37111
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 37071
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 132
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ANÚNCIO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Vendo casinha bangalô, branca caiada
Defronte a um lago manso e sereno,
Rodeada por varandas, rede já disponível.

E tem serras lindas ao redor,
Donde, nas manhãs, se vê o sol nascer,
Resplandecendo todo vale ainda molhado,
Pelo orvalho do sereno da noite.

É soprada por brisas cálidas,
Sombreado por palmeiras e flores,
Onde borboletas passeiam sem norte,
E sabiás brincam pra quem estiver na varanda,
E gostar do seu melancólico cantar.

E no final das tardes cândidas,
Enquanto o sol se esconde lentamente,
E a noite vai se chegando mansa,
Ouve-se sussurrar de grilos e corujas,
Sinfonia que acalenta os ouvidos e o coração.

E se você tiver um grande amor,
Aconchegado e preso ao peito,
Enquanto se deita balanga a rede,
A noite vai cobrir todos os atos,
Proteger todo desejo e toda luxúria,
Encobrir todos os gestos e trejeitos,
Até o cansaço e o sono chegar.

Aceito troca,
Que seja por uma mala vazia,
Em boas condições,
Onde caibam pequenos pertences,
Que seja robusta,
Para segurar os trancos de um caroneiro
Que sairá pelas estradas,
Em busca de novo sonho.

EACOELHO

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de EACOELHO:
A ARTILHARIA DA DIREITA (5 anos de artilharia) Autor(a):
A MULHER DA MINHA ALDEIA Autor(a):
A MULHER DA MINHA ALDEIA Autor(a):
A MULHER QUE EU AMO Autor(a):
A PONTE Autor(a):
A REDE DO MEDO Autor(a):
ALMA DE MULHER Autor(a):
AMAR DE VERDADE Autor(a):
AMARGO Autor(a):
AMOR PROIBIDO Autor(a):
ANÚNCIO Autor(a):
APENAS Autor(a):
ATENTO AO TEMPO Autor(a):
AVISO AOS HIPÓCRITAS Autor(a):
BENDITOS POETAS Autor(a):
BOBO (?) FELIZ Autor(a):
CAIPIRA Autor(a):
CASULO Autor(a):
CATACLISMA Autor(a):
CÉU DA TUA BOCA Autor(a):
CONCLUSÕES Autor(a):
CONTROVÉRSIA Autor(a):
CONVERSA DE HOMEM Autor(a):
COPA DO MUNDO Autor(a):
COPA DO MUNDO - INDUSTRIA DE EMOÇÕES Autor(a):
CORAÇÃO DE POETA Autor(a):
DESIGUAIS Autor(a):
DIA SEGUINTE Autor(a):
ESTRELA CADENTE Autor(a):
IRREVERENCIA Autor(a):


Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje RUI WERNECK DE CAPISTRANO