DIRCEU DETROZ

 -  - DIRCEU DETROZ
Total Visualizações: 756724
Texto mais lido:
MATINÊ - Total: 1669
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 3017
10 Autores mais recentes...
SIDNAIDE DALINA DOS SANTOS
JOSE HENRIQUE SANTOS
ELIZANDRO APARECIDO ROCHA DOS SANTOS
MARIA DE LOURDES ALVES RIBEIRO FIDELES
FELIPE RAFAEL DOS SANTOS
MARIA EDUARDA BARBOSA CASTRO
ALCILEIA
LARA FÁBIA SCHUNCK
EMILLY SCHWAMBACH UHL
WESLAYNE HOLLUNDER PESSOA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 5334356
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1019468
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 816733
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 756724
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 420373
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 216867
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 144668
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 111657
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 103043
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 93973
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 1225
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

QUANDO A REALIDADE ENGOLE A FICÇÃO

A tendência da maioria das coisas e invenções que assistimos nos filmes, ou lemos nos romances de ficção científica, é mais cedo ou mais tarde se transformar em realidade. A ficção além de ser um desafio, é um protótipo para a realidade.

Embora eu não aposte nesta possibilidade, algumas talvez, fiquem para sempre no desafio. É o caso das viagens no tempo, ou o teletransporte de um lugar para outro. Coisas tão banais em “Túnel do Tempo” e “Jornadas nas Estrelas”.

Só que existe outro tipo de ficção. Nesta as coisas e as invenções são substituídas não apenas por seres humanos de carne de osso. Também por suas emoções e sentimentos. Como a maioria dos sentimentos humanos têm um prazo de validade curtíssimo, a realidade infelizmente engole a ficção. A culpa não é da ficção. Nós os humanos é que somos os culpados.

Seria impossível para a escritora americana R. J. Palacio, não encerrar seu romance “Extraordinário” com um final feliz para o menino Auggie. Afinal, se isto não acontecesse quem choraria vendo o filme, ou lendo o romance? Eu ainda não vi o filme, mas duvido que ele possa se comparar em emoção com o livro.

Auggie nasceu com uma deformação no rosto. Sua síndrome de Treacher Collins não é tão rara assim. Afeta 1 a cada 50 mil pessoas. Suas características são os desvios nos ossos da face, o formato da mandíbula, fendas nas pálpebras e lábios, retração do queixo e as orelhas ficam mais baixas.

Depois de passar vários anos tendo a mãe interpretada no cinema por Julia Roberts como professora, é hora de Auggie começar a frequentar uma escola. Ele sabe que o leque do preconceito se multiplicará muitas vezes. E não tem mais pelo menos no romance, o capacete de astronauta para salvá-lo.

O romance é dividido por narrações. Além de Auggie, outros personagens também narram sua convivência com ele. Desde o espanto inicial até a aceitação, que claro, nunca será unânime. Para a sorte do mundo, ele está cheio de extraordinários!

Embora quem esteja sempre frequentado as mídias seja o racismo, o preconceito contra as deficiências físicas tende a ser muito mais cruel. Na verdade, só parece que a ficção de Auggie teve um final feliz. Ele apenas formou-se no quinto ano. Ainda teria muitas outras pessoas que evitariam esbarrar nele, como se fosse uma doença contagiosa.

Depois de derramar lágrimas assistindo o filme, qual seria a reação das pessoas ao se deparar com um Auggie na vida real? Lembrariam dos olhos molhados, ou atravessariam a rua? Se estivessem com seu filho ou filha, o que diriam a eles? Qual o preceito do Auggie que você escreveria para o preconceito?

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de DIRCEU DETROZ:
10% humano Autor(a):
A "IA" NÃO SERÁ UM MENINO BONITO Autor(a):
A ALMA A SINGULARIDADE E O FUTURO Autor(a):
A causa da ciência Autor(a):
A CHEGADA Autor(a):
A CIÊNCIA ACIMA DE TODOS Autor(a):
A CULPA NÃO É DOS OSSOS - Crônica escrita em 2014 Autor(a):
A década revolucionária Autor(a):
A descoberta da Terra Autor(a):
A EQUAÇÃO DA ALMA Autor(a):
A esperança e a dor Autor(a):
À ESPREITA Autor(a):
A ESTRANHA INTELIGÊNCIA Autor(a):
A falta de sorte deles Autor(a):
A garota de Sugar Beach Autor(a):
A garota dos coturnos voltou Autor(a):
A GENÉTICA DIVINA Autor(a):
A História e a lenda Autor(a):
A IA e o xadrez Autor(a):
A ideologia dos algoritmos Autor(a):
A ideologia e a cultura Autor(a):
A INDUSTRIA GENÉTICA NÃO É FICÇÃO Autor(a):
A INFÂNCIA DOS LIVROS Autor(a):
A LIZZ DO DIR Autor(a):
A MAÇA DO CONHECIMENTO Autor(a):
A MENINA NA JANELA Autor(a):
A morte da morte Autor(a):
A negação dos radicais Autor(a):
A NOITE DE ONTEM Autor(a):
A NOSSA IDADE DAS TREVAS Autor(a):