ALBERTO DOS ANJOS COSTA

 -  - ALBERTO DOS
Total Visualizações: 37297
Texto mais lido:
Agradecimentos! - Total: 899
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 929
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2058465
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 291064
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 180817
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 115910
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 104620
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 85815
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 55650
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 42040
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 37320
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 37297
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 98
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Império do Ódio


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

De tempos em tempos a insanidade toma conta da raça humana, foi assim desde o início. As loucuras mais recentes foram as duas guerras mundiais, Vietnã, Bósnia e outros morticínios patrocinados pela bestialidade humana. Agora estamos de novo como obedecendo a um ciclo de ódio em nosso mundo vivenciando com a tristeza a virulenta prepotência da maior economia mundial; do maior poderio militar; da nação de maior tecnologia; da nação que deveria servir de paradigma de equidade, diplomacia e ponderação, mas que ignorou o clamor mundial para a paz, desrespeitando a ONU, infringindo decisões, transgredindo normas internacionais e se portando como déspota, onipotente e oportunista.
Os insistentes pedidos do mundo pela paz foram em vão e a guerra contra o Iraque aconteceu. Quais seriam os verdadeiros motivos para esta hecatombe? Com argumentos evasivos, EUA e Inglaterra diziam que teriam de destruir armas de destruição em massa em poder do Iraque. Mesmo com a oposição da ONU, que tem poderes legais para estabelecer a paz e a guerra, os EUA minimizaram o poder da organização, colocando em dúvida e questionamento a utilidade e a importância da ONU, desprestigiando um órgão que tem sua sede em seu próprio país e fragmentando a decisão de seus membros permanentes com poderes de veto; criando com esta guerra precedentes para novas invasões em outros países, aniquilando as Nações Unidas, que perdem credibilidade, o poder na pulverização de seu escopo.
O mundo assistiu perplexo e indignado à invasão no Iraque, indagando por que EUA e Inglaterra estavam tão ansiosos pela guerra, que mais pareceu pirataria. Quais seriam as causas que ensejavam o autêntico show fraticida? Seria o controle de petróleo? Pois o Iraque tem a segunda maior reserva mundial. Seria a água, pois o Iraque tem a maior reserva árabe de água potável, graças ao milenares rios Tigre e Eufrates e para aquela região, a água tem mais valia que o petróleo? Seria o estabelecimento de um novo ponto geofísico americano dentro do Iraque para impor um novo ordenamento político dentro da região árabe em defesa de judeus para novo assentamentos? Seria a implantação de um novo tipo de colonialismo americano com a criação de um protetorado com políticos fantoches? Seria o sufocar do crescimento
do estado palestino ou seria a vingança de Bush filho em razão de Bush pai não ter aniquilado o então presidente do Iraque na guerra de 1991 no Golfo Pérsico?
Existiram outras razões para esta repugnante guerra que ao que parece foi planejada havia muitos anos. O certo é que estamos contristados e decepcionados com o que ocorreu, pois enquanto políticos impiedosos e sanguinários decidiram fazer a guerra, eles, muito bem seguros, impunes e bem acomodados, praticaram crime contra a Humanidade, esqueceram que crianças, idosos, mulheres, inocentes pereceram graças à loucura desses políticos sedentos de ódio e ambição. Não forma seus entes queridos os bombardeados, portanto, fecharam os olhos aos horrores da guerra.
Os EUA e a Inglaterra se portaram como bárbaros, piratas e invasores, destruíram um país milenar e acredito que tudo poderia ser resolvido pela negociação diplomática sem estas milhares de mortes de inocentes, pois o Iraque, pelo embargo econômico imposto pela ONU em 1991, já era um país definhando, quase miserável, com um povo debilitado pelas sanções impostas, inclusive com armamentos obsoletos, ultrapassados, o que faz ressaltar que foi uma invasão covarde, uma luta desigual, imposta por duas superpotências que engendraram uma carnificina que coloca em perigo o futuro do nosso mundo.
Quem semeia ventos colhe tempestades e esta guerra aumentou o ódio dos árabes contra americanos e judeus. O futuro é tenebroso, pois a guerra colocou o ódio, o sentimento de vingança nos corações de gerações que nunca esqueceram a morte de seus irmãos. É triste que a raça humana não tenha aprendido que a verdadeira ideologia do viver deve ser a paz, no respeito nas diferenças existentes, independentemente de credo religioso, posição política, cultura, raça ou particularidades que devem ser compartilhadas de formas harmoniosas, que o sistema capitalista não deve ser fornecedor de misérias e desigualdades sociais e que os países deveriam ser globalizar também em solidariedade fraterna.
Teremos de refletir na evolução social, no respeito democrático, produzindo em nossa consciência que só é bom aquele que não faz a outro o que não for bom para si mesmo, do contrário, algum dia não haverá tempo para se arrepender.
Alberto dos Anjos Costa é escritor.

Nota: Vocês prezados leitores, tirem suas próprias conclusões!

ET: Artigo elaborado por Alberto dos Anjos Costa, e publicado em 04 de Outubro de 2003, (Sábado), no Jornal Diário de São Paulo, (Ano 119 - N° 39.668 - Folha A 10 - Opinião - Artigos).

Post Scriptum: Essa publicação, " Império do Ódio ", foi enviada à sede européia da ONU - Organização das Nações Unidas, sediada em Genebra - Suíça, como forma de indignação e consternação pela morte de milhares de inocentes, (crianças, jovens, mulheres, idosos), que foram vítimas da prepotência, desumanidade, arrogância e barbárie de países que se dizem civilizados, e que se colocam acima da lei! De todos os continentes foram enviadas milhões de cartas de protesto à ONU, contra o genocídio praticado pelo Estados Unidos, Inglaterra e seus aliados, a serviço da mentalidade injudiciosa e imperialista! Infelizmente o mundo cerrou os olhos, omitindo-se, diante desta hecatombe!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALBERTO DOS ANJOS COSTA:
A Idade da Inocência Autor(a):
A noite Autor(a):
A Outra Autor(a):
Abnegação Materna Autor(a):
Aborto Negligenciado Autor(a):
Acordes Autor(a):
Adolescência Autor(a):
Afetuosa Amizade Autor(a):
Agradecimentos! Autor(a):
Agrado Autor(a):
Agravo Autor(a):
AIDS Autor(a):
Alberto dos Anjos Costa Autor(a):
Aliança Autor(a):
Alienação Autor(a):
Alma Santa Autor(a):
Alquimia do Amor Autor(a):
Alternâncias Autor(a):
Altivos Monumentos Autor(a):
Alvo Sentenciar Autor(a):
Amigo Especial Autor(a):
Amigos Autor(a):
Amizade Autor(a):
Amor Autor(a):
Amor Proibido Autor(a):
Amor Proibido Autor(a):
Amor sem Registro Autor(a):
Aniversariante Autor(a):
Anjos Autor(a):
Anjos Rebeldes Autor(a):