ZUZA FERREIRA NETO

 -  - ZUZA FERREIRA
Total Visualizações: 556
Texto mais lido:
Um Deus de barro - Total: 388
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 103
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2403838
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 312092
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 215652
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 117833
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 110163
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 110063
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 88769
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 45543
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 40141
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 40050
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 388
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Um Deus de barro


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

A voz do povo seria mesmo a voz de Deus?
Em caso de resposta afirmativa precisamos rever nossos conceitos sobre a voz de Deus.
Vejo uma multidão ensandecida por causa de Deus de barro que derreteu ante as gotas de orvalho de uma noite tenebrosa, e que enganou os tolos com uma estória milagrosa de acabar com a miséria, como num passe de mágica, destruindo a educação e implantando uma indústria de diplomas sem conhecimento. Com isso inundou o país de profissionais incompetentes, atolou o serviço público na pior crise de resultados, anulando os planos de carreira com nomeação indiscriminada de sindicalistas devotos apenas para garantir submissão. Sim, porque fidelidade é outra coisa. Poderia escrever várias laudas sobre essa treva em que o Brasil mergulhou, mas por uma questão de respeito ao colegiado, prefiro ater-me apenas ao tema central do artigo. A voz do povo é mesmo a voz de Deus? Nem vou me aprofundar nos fundamentos que trouxeram à luz a sabedoria democrática, aqui massacrada pelo poder econômico por meio de uma ação covarde de censura à liberdade de expressão e pensamento, pagando para não noticiar, demitindo para não dialogar, comprando consciência, queimando dinheiro com esmolas coletivas aos pobres, sem no entanto nada fazer para construir um futuro em que houvesse alguma coisa para dividir. Se o povo fala pela boca de um Deus assim, acho que só resta agora torcer para que o povo fique sem voz!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ZUZA FERREIRA NETO:
A carta de Lincoln Autor(a):
Um Deus de barro Autor(a):