ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 124806
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2538
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 216
10 Autores mais recentes...
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
SALETE APARECIDA DOS SANTOS
TAMARA SCARLAT PEREIRA DE SOUZA
CRISTHIANY RODRIGUES DE OLIVEIRA
NALDO VELHO
VIVIANE NEVES CARDOSO
HAMILTON RAUL SERPA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 707892
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 124806
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 105803
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 55751
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 31951
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 21507
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 16520
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 15120
247 VANESSA  SOARES
VANESSA SOARES
Total: 14805
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 14354
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 118
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A tal felicidade (T2840)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Há momentos que nos fechamos,
procuramos em nós algo que não encontramos,
derramamos lágrimas que lavam nossas tristezas,
ficamos vulneráveis, e a angústia aparece,
e nas noites que avançam sentimos não passar,
a madrugada se arrasta e escutamos a voz do vento
o único som dentro da escuridão que estamos,
e o sono demora a chegar, demora a nos derrubar,
talvez em cada sono um sonho que nos faça ver
um mundo melhor, onde sorrisos sejam espontâneos,
onde não precisamos provar nada para ninguém,
onde simplesmente possamos ser nós mesmos,
e dentro de nós quem sabe encontrar a tal felicidade.

Alexandre Brussolo (09/11/2015)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):