HERBERTEEN SANTOS

 -  - HERBERTEEN SANTOS
Total Visualizações: 341
Texto mais lido:
O QUE PENSAM Os DOIDOS - Total: 20
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 75
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2226153
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 302988
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 198564
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 116851
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 107222
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 96702
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 70012
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 43752
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 38826
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 38649
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 11
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

O MENINO AMALDIÇOADO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

O MENINO AMALDIÇOADO
A história narrada se passa no interior de São Paulo, próximo de campina, lá morava um menino que sempre vivia aprontando com os moradores e com seus pais, ele tinha apenas 10 anos e já aprontava muito aonde morava. Quebrava vaso, batia nas galinhas e adorava roubar as coisas que via nas janelas de seus vizinhos, era um filho que nunca obedecia a seus pais e os tratava muito mal, xingava toda hora.
Seu pai sempre o protegia, mais sua mãe nunca caia em suas conversas. Sua mãe e seu pai viviam numa casa de barro, uma casa simples e bem cuidada, pois sua mãe sempre a deixava bem arrumada.
Joãozinho era o nome do menino travesso, que fazia tudo para chamar a atenção de todos da cidade, como amarra bombinhas no rabo dos gatos e até arrancar as plantações dos vizinhos e a pisar de raiva. No dia segundo ele estava caminhando em direção de casa, quando se deparou com uma encruzilhada, ali parado ele viu cachaças e um franco assado, pegou o franco e começou a comer o frango por estar com muita fome, nisso apareceu um espírito maligno no meio do nada com uma garrafa de cachaça sobre sua mão direita. Esse espírito perguntou o porquê Joãozinho estava comendo sua oferenda, mais Joãozinho não se intimidou e falou que comeu e estava com fome e que não estava nem aí para aquele homes.
Foi quando o espírito maligno se enfurece com Joãozinho e lhe disse que não foi com a cara de Joãozinho, porem deixou de lado o que passou atrás e percebeu que Joãozinho tinha uma alma de um espírito travesso e lhe fez um pacto com Joãozinho fazendo-o vira um espírito zombeteiro, pois onde ele passava aprontava com todos que via porem tinha saudade de seus pais, e quando foi para casa tentou abraçar seu pais, porém era inútil, pois não era mais uma criança e sim um espírito.
Foi quando ele voltou para encruzilhada para encontrar com o espírito maligno para ter seu corpo de volta, porem aquele homem nunca mais apareceu, pois, sua alma foi liberta a partir que Joãozinho assinou o contrato, sua alma nunca mais voltou e seus pais quando estavam passando pela estrada a procura de seu filho viu um corpo de um menino na encruzilhada e na hora choraram, pois, seu filho já não estava mais vivo, pois sua alma ficou presa naquela encruzilhada.
Todas as noites pessoas deixam coisas na encruzilhada a fim de agradar aquele menino, pois se não deixassem uma oferenda o menino voltava a maltratar aquela pequena cidade com suas travessuras.


HERBERTEEN SANTOS

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de HERBERTEEN SANTOS:
A LUTA POR UM AMOR Autor(a):
A LUZ DE CADA UM Autor(a):
A vida cheia de AMOR Autor(a):
A VIDA DE UMA SOCIEDADE MENTIROSA Autor(a):
ALÉM DOS MOMENTOS DE UMA VIDA MOMENTÂNEO Autor(a):
AMOR Autor(a):
AS ROSA DE MEU JARDIM Autor(a):
CHAPECOENSE SAUDADES MIL Autor(a):
COLUNAS DE MAUÁ Autor(a):
DIREITO DAS MULHERES JOGADORAS Autor(a):
Domingos Montagner Autor(a):
Eterno amor Autor(a):
Eu sou Corinthians Autor(a):
HELENA Autor(a):
MOMENTOS Autor(a):
NEM RELÓGIO TRABALHA DE GRAÇA Autor(a):
Nosso amor Autor(a):
NUNCA VOU DE DEIXAR SÓ Autor(a):
O MENINO AMALDIÇOADO Autor(a):
O QUE PENSAM Os DOIDOS Autor(a):
O SONO DA DEMOCRACIA Autor(a):
POESIAS E CONTOS Autor(a):
Quanto morrer Autor(a):
sem sentido Autor(a):
Tristezas Autor(a):
TUDO OU NADA A PERDER Autor(a):
UMA CRIANÇA DE OURO Autor(a):