TÂNIA DU BOIS

212 -
Total Visualizações: 27815
Texto mais lido:
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM - Total: 495
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 348
10 Autores mais recentes...
BARTIRA MENDES COSTA
FILIPE JOSÉ BARROS DA SILVA
ROSITA HELENA SILVEIRA PEREIRA
CELSO J.
VALERIA BRITO BULHOES ROCHA
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 4066097
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 642161
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 580432
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 579705
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 294353
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 171196
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 134091
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 83545
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 74034
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 70699
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 270
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A arte da SIMPLIFICAÇÃO e a beleza da SIMPLICIDADE


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

O ato ou efeito de simplificar é a simplificação. A forma simples ou natural de dizer ou escrever é a simplicidade. O que não podemos é confundir a arte da simplificação com a beleza da simplicidade.
Sabe o que mais? Pergunto, por que gostamos de complicar quando podemos facilitar ao pensar com objetividade? Seria por que sentimos que em várias situações não há espaço para a sinceridade e a desafetação, como qualidade da simplicidade? Nas palavras de T.S.Eliot, “... deveria eu renunciar a um gesto e uma atitude. / Às vezes tais reflexões ainda assombram / A inquieta meia-noite e o tranquilo meio-dia”.
Noto que perdemos tempo quando não usamos a arte da simplificação no cotidiano, que não tem sentido sonhar que o mundo está em nossas mãos. Precisamos perceber e admitir que um simples ato suspeito, e sem resposta, é capaz de decidir sobre como juntar as pedras do quebra-cabeça da vida no dia a dia. Helena Rotta de Camargo expressa, “A essência da arte se revela nas mais inusitadas situações... // Nos fatos mais corriqueiros, / assoma a essência da arte...”
Afinal, a forma simples e natural de dizer as coisas nos faz analisar as regras da vida, como se as palavras fossem o sentido único da nossa reflexão, sem acrescentar que o ato ou efeito da simplificação contém as proporções para podermos conversar sobre vários assuntos e nos apropriarmos dos sentidos, quando nos apresentamos com a riqueza da nossa consciência. Especialmente se nos sentimos fortes para ampliar as opiniões, razão para nos envolver com assuntos para o bem estar geral; como em Marilise B. Lech, “... quero versos com palavras comprometidas / Que iluminem a todos que deles possam se regozijar. / A esperança na palavra dita que mostra o mapa por onde / devemos andar”.
Trocamos ideias, olhares cúmplices; guardamos segredos no momento em que a palavra grita por socorro ao fazermos uso da liberdade para apenas viver sem luxo, mas, com o conforto e a obrigação de manter a qualidade do viver e atender a nossa curiosidade como simples missão de dever cumprido. Nas palavras de Telmo Mário Dornelles Gosch, “...Concluímos sem demora, / Reconhecemos então, / Que simplicidade vigora, / No sopro da criação // A beleza é água singela, / A felicidade também, / Os simples as fazem bela... // Belo é o homem de palavra...”.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de TÂNIA DU BOIS:
100 ANOS?!?! Autor(a):
A arte da Escolha Autor(a):
A arte da SIMPLIFICAÇÃO e a beleza da SIMPLICIDADE Autor(a):
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM Autor(a):
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM Autor(a):
A BUSCA da BELEZA Autor(a):
A BUSCA pela BELEZA Autor(a):
A CARTA Autor(a):
A casa Autor(a):
A CIDADE Autor(a):
A COR do INVISÍVEL ( II ) Autor(a):
A COR do INVISÍVEL (I) Autor(a):
A IMAGINAÇÃO É SUFICIENTE PARA DESCREVER O MUNDO? Autor(a):
A INTENÇÃO E O FEITO Autor(a):
A LINGUAGEM da DIFERENÇA Autor(a):
A LINGUAGEM da DIFERENÇA Autor(a):
ABRAÇO Autor(a):
AFETIVIDADE e EFETIVIDADE: torna real a relação? Autor(a):
AGONIA Autor(a):
AMAR Autor(a):
AMORES versus HORAS Autor(a):
ARROGÂNCIA ou IGNORÂNCIA Autor(a):
ARTE: Discussão Literária Autor(a):
ARTE: VOCAÇÃO E PAIXÃO Autor(a):
AS APARÊNCIAS ENGANAM Autor(a):
AS MÃOS Autor(a):
ATRÁS DA NOITE Autor(a):
AUTÓGRAFOS Autor(a):
AVESSO A MÁS NOTÍCIAS Autor(a):
BANDIDA MALDADE Autor(a):