ONIVAN BARBOSA PANTOJA

 -  - ONIVAN BARBOSA
Total Visualizações: 8542
Texto mais lido:
O Outono de Nós Dois... - Total: 317
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 581
10 Autores mais recentes...
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
WALLACE MARINS
DEIVID
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 3546522
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 443304
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 417650
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 399335
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 220088
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 140181
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 127202
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 64826
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 55745
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 54948
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 199
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Despedida... (À Minha Mãe)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

No cemitério as folhas das árvores
Vão rolando macilentas pela frialdade do chão...
E o que me são essas lápides de mármore
Se só me trazem da senhora a solidão?!

Os sonhos desfeitos na partida...
As lágrimas secam nos olhos que agora vagam...
Pudera ter da senhora por toda a vida
Os carinhos com que agora tanto lhe afagam!

Belíssimas flores à seu lado são depositadas...
Cobrem o seu corpo as mortalhas mais suaves...
Correm sobre o seu ataúde lágrimas desfolhadas
Dos olhos que agora só lhes têm saudades!

Inda escuto a sua voz me chamando...
Chama meu nome e nada mais em mim se acalma!
É o que me vem à noite a solidão sussurrando!
E sussurra assim como um fantasma!

Sem a senhora tudo é um frio de gelar o corpo!
Calmamente agora descansa sob às mortalhas
Enquanto durmo num sorriso enregelado e morto
Na frieza da amargura que tanto me amortalha...

Por sobre o peito vão cruzadas as mãos...
As mãos que ontem eu segurei com tanto enlevo!
Oh! Que de tão entrelaçadas como estão
Sequer segurá-las entre as minhas eu me atrevo!

Hoje a tristeza escurece a sua última tarde!
Enquanto à mortalidade deixa o seu último adeus
A solidão, (essa ave da saudade!),
Esvoaça como um corvo sobre os dias meus...

(Onivan – 11/04/2017)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ONIVAN BARBOSA PANTOJA:
(In) Felicidade... Autor(a):
À Língua Portuguesa... Autor(a):
À Sombra dos Laranjais... Autor(a):
A Valsa dos Mortos Autor(a):
Adeus... Autor(a):
Amazonas Autor(a):
Amor Voou... Autor(a):
Aquela Noite... Autor(a):
Borboleta Amarela... Autor(a):
Cigarros... Autor(a):
Cravos de Portugal Autor(a):
Crisálida Autor(a):
Da Janela do Meu Quarto, Girassóis, Janina... Autor(a):
Despedida... (À Minha Mãe) Autor(a):
Dois Anjos... Autor(a):
Duas Almas... Autor(a):
Duas Lágrimas... Autor(a):
É Tempo de Mudanças... Autor(a):
Entre Ter... Autor(a):
Fantasmas de Antigos Amores... Autor(a):
Flor da Idade... Autor(a):
Flores da Última Primavera... Autor(a):
Fugacidade... Autor(a):
Helena Autor(a):
Lembranças... Autor(a):
Loucura! Autor(a):
Meus Dias... Autor(a):
Na Solidão do Necrotério... Autor(a):
Nicole Autor(a):
Ninfa das Sombras Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje JAQUELINE DE ANDRADE