ZILDO GALLO

 -  - ZILDO GALLO
Total Visualizações: 39078
Texto mais lido:
Haicais Lusitanos (4) - Total: 476
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1093
10 Autores mais recentes...
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1810250
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 275426
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 155064
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 114467
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 100228
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 72624
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 40540
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 39078
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 35429
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 35150
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 115
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

RESENHA: Consumido de Barber, um retrato assustador.


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Benjamim R. Barber não foi o primeiro cientista social a notar que os consumidores são mais atraídos pela imagem criada do que pela real função do produto que ele compra. Contudo, além de ele considerar benéfica e necessária a diminuição no consumo, em larga escala supérfluo, ele acaba indo muito mais além, culpando o hiperconsumo da sociedade afluente pela crise econômica atual.

No seu livro CONSUMIDO: COMO O MERCADO CORROMPE CRIANÇAS, INFANTILIZA ADULTOS E ENGOLE CIDADÃOS, escrito em 2007, o autor mostra como o etos infantilista, criado e desenvolvido pelo mercado de bens consumo contemporâneo, priva a sociedade de cidadãos responsáveis e autônomos e substitui bens antes públicos por mercadorias produzidas pelo setor privado.

Barber considera que o consumismo é uma forma tardia do capitalismo que, nos seu início, surgiu como um sistema produtor de bens úteis à população, democratizando o seu acesso para amplas parcelas dos habitantes de todo mundo, por conta da crescente produtividade que caracteriza o sistema industrial.

Ele também avalia que a desigualdade na repartição da riqueza global separou a Terra em dois tipos de consumidores potenciais: os pobres dos países em desenvolvimento, que têm muitas necessidades e poucos recursos para satisfazê-las, e os ricos dos países desenvolvidos, que têm muito poder de compra e que já não têm no que gastar e nem mesmo porque gastar. Com convicção ele afirma que o capitalismo na sua faze atual não se baseia na produção de mercadorias, mas na produção de mais e mais necessidades para serem atendidas.

Uma grave constatação: se os pobres não podem enriquecer para se tornarem consumidores, os afluentes, tanto dos países desenvolvidos como dos em desenvolvimento, precisam ser atraídos às compras. Então, induzi-los a que ainda permaneçam infantis na idade adulta pode esticar por mais tempo o ímpeto consumista dos cidadãos. Em suma: o capitalismo atual precisa de cidadãos adultos infantilizados.

A gravidade de tal situação é que a tradicional sociedade democrática está sendo colonizada por uma imposição generalizada do mercado, sob o comando do marketing das grandes corporações. O espaço público está sendo privatizado em todo o planeta e caminha a largos passos um processo de homogeneização cultural que visa expandir o mercado aos bens produzidos pelas corporações.

O livro Consumido, do professor Barber, diante do quadro grave de crises (meio ambiente e economia) que atingem todos e em todos os lugares do mundo, trata-se de leitura obrigatória para todos aqueles que estão sinceramente preocupados com o destino da humanidade e do Planeta Terra.

BARBER, Benjamin R. Consumido: Como o mercado corrompe crianças, infantiliza adultos e engole cidadãos. Rio de Janeiro: Record, 2009.

Benjamim R. Barber é um teórico político renomado. É autor do best seller Jihad x McMundo, também publicado no Brasil pela Editora Record.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ZILDO GALLO:
(RE)(IN)VOLUÇÃO: grandes almas Autor(a):
A árvore de beija-flores, o sabiá distraído, o gavião certeiro e o gambá do meu condomínio Autor(a):
A conversão de São Francisco: uma loucura divina Autor(a):
A empresa do futuro e a produção de valores sustentáveis: ou vai ou racha! Autor(a):
A FOME E O PAPEL Autor(a):
A guerra pela água: Grande São Paulo versus Região de Campinas (2015) Autor(a):
A HORA DA AVE MARIA Autor(a):
A HUMANIDADE ASSOMBRADA Autor(a):
A INCRÍVEL SAGA DO PEIXE BOTINA Autor(a):
A LUA E O MAR Autor(a):
A mamadeira de manga e o coquinho da macaúba Autor(a):
A MENINA QUE PASSAVA Autor(a):
A moralidade do mercado ou para quem o crime compensa Autor(a):
A origem mítica do nome da cidade de Atenas (Grécia): um tributo à agricultura Autor(a):
A OUTRA GUERRA Autor(a):
A POESIA (o poeta e sua sina) Autor(a):
A POESIA (o poeta e sua sina) Autor(a):
A PROCURA DO POETA Autor(a):
A riqueza e a diversidade: uma discussão sobre o valor das floresta na economia de mercado Autor(a):
A sonda New Horizons, o rebaixamento de Plutão, o rapto de Perséfone e o Tarô Mitológico Autor(a):
AFETOS ABORTADOS Autor(a):
AFIRMAÇÃO (Smithiana mão invisível) Autor(a):
ÁGUA PARA TODOS Autor(a):
ÁGUA: UM POEMA À CONSCIÊNCIA Autor(a):
ÁGUAS DE OUTUBRO (via crucis) Autor(a):
ALÉM DAS SOMBRAS DA CAVERNA Autor(a):
ANÉIS DE SATURNO Autor(a):
ANTAGONISMOS Autor(a):
AO MINEIRINHO POETA Autor(a):
ÁRVORE SECA Autor(a):