SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 894247
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 1513
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1746
10 Autores mais recentes...
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
MARIA DO SOCORRO DOMINGOS
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
SALETE APARECIDA DOS SANTOS
TAMARA SCARLAT PEREIRA DE SOUZA
CRISTHIANY RODRIGUES DE OLIVEIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 894247
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 170165
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 107769
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 66971
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 41140
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 30555
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 21801
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 18939
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 18563
247 VANESSA  SOARES
VANESSA SOARES
Total: 18267
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 67
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

CICATRIZES


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 19/04/2008.

Tantas feridas na alma carrego!
A casa me traz recordação amarga,
Que amei sem medida, não nego,
E o peso da paixão é minha carga.

Sangrei no coração o amor sem medida,
Estava como ébrio e dormente sofria,
Não me dei conta que ela fazia a ferida
E que quando dizendo me amar fingia.

Trago a alma tão arranhada e doída
Que se fez lago de recordações amargas.
Há um rio seco que mostra podres raízes

De uma vida que foi, sem dó, moída,
E suportou dores que foram tão largas,
Mas hoje são, apenas, simples cicatrizes...


SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):