Total Visualizações: 476115
Texto mais lido:
VIAJANTE - Total: 1153

Amigos Recentes

1121 THALYA SANTOS622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO385 ANDRADE JORGE477 ADEMYR BORTOT587 RODRIGO GIOVANI BORCHARDT284 MARLI  FIORENTIN3 JÚLIO CÉSAR DE ALMEIDA VIDAL444 DRILLY MANFRE
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 190 Todos os textos de: DIRCEU DETROZ
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A vez do ciclone


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Mesmo assustado com algo que nunca tinha visto antes, quando o vendaval atingiu Rio Negrinho - SC na tarde de quarta-feira primeiro de julho, pensei ser um fenômeno isolado. Os telefones celulares e a internet deixarem de funcionar poderia ter por causa falta de energia elétrica. Quem ainda tinha telefone convencional recorreu a ele. Quem deixou de ter, possivelmente se lembrou dele. Agora pensarei duas vezes antes de me desfazer do meu.

Foi só na manhã de quinta-feira, com a internet voltando a funcionar que a tragédia ficou evidente. Praticamente toda a Região Sul foi castigada pelo mesmo evento climático. Acredito que como o furacão Catarina em 2004, e sem se esquecer do raio quebrando o recorde de duração no planeta, assistimos outro fenômeno sem precedentes na região, apesar de ser comum ciclones se formarem.

Logo o choque dos registros fotográficos da destruição nas redes sociais chamou a atenção da grande mídia nacional. Estações climáticas mediram ventos de 70 a 120 km/h. Árvores foram arrancadas do chão pela raiz. Telhados pareciam folhas de papel voando em todas as direções. Sem precedentes também, foram os estragos na rede de energia elétrica. Dez foram as vidas humanas levadas pelo ciclone.

A nomenclatura “ciclone bomba” foi incluída ao nosso vocabulário. Reportagens da BBC News, jornal O Globo e revista Veja, ajudam entender como um evento com essa capacidade de destruição se formou tão rápido. Veloz, atravessou toda a Região Sul de Oeste para Leste praticamente numa tarde.

O nome ciclone vem do efeito de centrifugação criado pelos ventos e a rotação da Terra. Sua formação acontece quando o ar frio do continente se choca com o ar quente vindo do oceano. Ocorre então uma queda na pressão atmosférica. que é o peso na coluna de ar sobre a terra. Na Argentina e no Paraguai, onde o ciclone se formou as temperaturas estavam elevadas. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina as temperaturas estavam baixas. Isso potencializou o evento.

Um especialista ouvido disse que um “ciclone bomba”, não tem ligação direta com as mudanças climáticas. Outro especialista mudou tudo. Disse que o aumento da temperatura dos oceanos fará com que fenômenos altamente destrutivos sejam cada vez mais frequentes. Oceanos mais quentes geram mais energia e ventos mais fortes. Os oceanos estão se aquecendo devido as mudanças climáticas causadas pelos humanos. Não devemos pensar no “ciclone bomba” como um acontecimento isolado.

Como sempre gosto de dizer, aqui no planeta Terra os intrusos somos nós com o nosso também alto poder destrutivo. O planeta sempre está nos enviando suas mensagens de alerta. Como elas não nos chegam por SMS nem por redes sociais não temos a capacidade de interpretá-las. Um dia, e se aprendermos poderá ser tarde demais.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 23
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 PORTÃO 843 27/05/2018
1 EU ME ASSANHO 788 26/05/2018
0 ESGRIMA 813 26/05/2018
0 DIA DE CHUVA 800 25/05/2018
0 PÓDIO 813 25/05/2018
0 LAMBIDAS 803 25/05/2018
0 SHOW HIPÓCRITA 821 24/05/2018
0 ANJOS DA MORTE 797 24/05/2018
0 OUTDOORS 809 24/05/2018
0 DISFARCES 813 23/05/2018
0 CIRANDAS DE ESTRELAS 802 23/05/2018
0 O PRIMEIRO ENCONTRO 831 22/05/2018
0 CONVENÇÕES 820 22/05/2018
0 LEMBRETES 811 22/05/2018
0 LINHAS 823 21/05/2018
0 SINAIS DE FUMAÇA 828 21/05/2018
0 O MUNDO CONECTADO 825 21/05/2018
0 ME PROVOQUE 901 20/05/2018
0 AMNÉSIA 843 20/05/2018
0 SONETO PARA A MAMÃE 861 19/05/2018
0 FALSO NÉON 830 19/05/2018
1 CAMINHOS BENDITOS 858 19/05/2018
0 FUGA 838 18/05/2018
0 ESPECTRO 826 18/05/2018
0 SONETO DA CAÇA 877 18/05/2018
1 ECLIPSE 888 17/05/2018
0 SEM VOCÊ 879 17/05/2018
0 DIABINHOS NO QUINTAL 816 16/05/2018
1 DESEMBARQUE 911 16/05/2018
0 MEUS TONS DE CINZA 827 15/05/2018