Total Visualizações: 12580
Texto mais lido:
À Língua Portuguesa... - Total: 420

Amigos Recentes

819 NORMA SILVEIRA MORAES597 ADEMYR OLÍVIO BORTOT548 CLAUDIANNE DIAZ2 ANA PAULA SANTOS1 CLÁUDIO JOAQUIM DOS SANTOS BRAGA
Meus amigos...
Foto de Capa Efuturo ONIVAN BARBOSA 1779
Todos os textos de: ONIVAN BARBOSA PANTOJA
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Sobre Teu Túmulo As Flores do Ipê Esvoaçam...


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

..................................................................“Ontem floriste como por encanto,
..........................................................................sintetizando toda a primavera;
.................................................................mas tuas flores, frágeis, entretanto,
............................................................tiveram o esplendor de uma quimera.

.....................................................Como num sonho, ou num conto de fada,
................................................................se transformando em nívea cascata,
.......................................................................tuas florezinhas, em sutil balada,
......................................................................caíam como se chovesse prata…”
.......................................................................................................(Sílvio Ricciardi)

Do ipê as flores mortas
Esvoaçam sempiternas pelo chão...
Erguem-se e vão bater à tua porta
Como um buquê de solidão...

A solidão (essa existência amarga!),
Enraizada à fundo no coração!
Que sangra os sonhos e se propaga
Dos recurvos galhos até as mãos...

Folhas mortas esvoaçam pelo chão!
Caídas dos galhos desfolhados
Recobrem teu túmulo desde então...

A inconsolável perda, essa solidão...
Esses sonhos (de nós) levados,
Como as flores da última estação...

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 154
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Sobre Teu Túmulo As Flores do Ipê Esvoaçam... 154 23/06/2020
0 Um dia, O Adeus... 161 20/04/2020
0 É Tempo de Mudanças... 172 21/03/2020
0 Princesinha Linda... 315 26/08/2019
0 A Valsa dos Mortos 316 22/08/2019
0 Helena 283 22/08/2019
0 Fugacidade... 296 22/08/2019
0 Cigarros... 314 01/08/2019
0 Despedida... (À Minha Mãe) 319 29/07/2019
0 Cravos de Portugal 321 21/06/2019
0 Amazonas 336 17/06/2019
0 Flor da Idade... 358 21/04/2019
0 Amor Voou... 412 15/03/2019
0 Duas Lágrimas... 401 06/02/2019
0 Fantasmas de Antigos Amores... 374 29/01/2019
0 Sóror Negra 263 29/01/2019
0 À Língua Portuguesa... 420 27/01/2019
0 Loucura! 388 25/01/2019
0 Entre Ter... 377 25/01/2019
0 Na Solidão do Necrotério... 355 17/01/2019
0 Lembranças... 372 17/01/2019
0 Borboleta Amarela... 381 17/01/2019
0 Per Fas Et Nefas 265 17/01/2019
0 Aquela Noite... 374 15/01/2019
0 Nicole 344 15/01/2019
0 Dois Anjos... 332 15/01/2019
0 À Sombra dos Laranjais... 341 11/01/2019
0 (In) Felicidade... 336 11/01/2019
0 Flores da Última Primavera... 354 10/01/2019
0 Duas Almas... 344 02/01/2019