Total Visualizações: 265
Texto mais lido:
O AQUECIMENTO GLOBAL E O JUÍZO ÚLTIMO - Total: 27

Amigos Recentes

1264 JULIANE ALVES CASTRO1287 DENIS BRAGA QUINTANILHA1201 MARA ROSANI CRIZEL1333 THAIZA DA SILVA GARCIA1252 ISABEL NETTO1121 THALYA SANTOS622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO1277 GILBERTO GARCIA
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 1309 Todos os textos de: HAMILTON RAUL SERPA
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

CONTRASTES NA VIDA

CONTRASTES

Agora que moro no mato,
Eu que sempre fui do asfalto
Só com vivencias urbanas
Dos dias fugidios na correria
Das madrugadas quentes
Com brilhos tão frios.

Dos sinaleiros ditando o ir.
Das sirenes da policia e das
ambulâncias como algo normal.
Dos prédios que verticalizados
Deixam-nos sem horizontes.

Das esquinas nem tão escuras,
Mas que nos deixam 'ligados'
Das praças mal iluminadas
que só louco para atravessá-las.

Vejo-me chegando à cidade,
Já noite escura, com suas luzes
E os brilhos do depois da chuva.
Reflexos mil pelo asfalto laminado.
Letreiros iluminados por todo lado
Refletindo neste chão molhado.

Tenho a impressão que estou
Entrando num jogo virtual,
ou num jogo de gato e rato
Com as ilusões no comando
Ditando a ordem das emoções
Regadas à vinho e adrenalina.

Eu que saí da minha morada
De onde a escuridão da rua,
Alem de não despertar temor,
Nos chama para uma caminhada
e onde as pessoas me dão bom dia
E boa noite sorrindo, sem nunca
Terem me visto e eu fico encantado.

Então me vem à mente que
Não há como se reconhecer,
Da forma como se deveria,
A grande força criadora
Que rege toda a nossa vida

Estando sempre nas cidade
É muito difícil a fé se tornar real,
Pois um pai não pode sair na rua,
No meio de todo este agito, desta 
balburdia com tantas agonias
e dizer: 

'Filho este é o mundo que Deus criou.

Pois este não é o mundo que Deus criou.
Este é o mundo que o homem deformou.

'Conservai puro o foco dos vossos sentimentos, com isto estabelecereis a paz e sereis felizes' Abdruschin em 'Na luz da Verdade' - www.graal.org.br
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 10
[ 20 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 CONTRASTES NA VIDA 10 17/10/2018
0 O CICLO DA ÁGUA 10 15/10/2018
0 O PINGO DA CHUVA 23 12/10/2018
0 QUEM SOU QUEM SOMOS NÓS? 20 10/10/2018
0 A ESCUTA DO SILÊNCIO 8 06/10/2018
0 CORAÇÃO DE JOVEM 4 06/10/2018
0 DA DERROTA À SUPERAÇÃO 6 05/10/2018
0 MICRO CONTOS 1 03/10/2018
0 A ALEGRIA DAS CRIANÇAS 2 02/10/2018
0 AMOR E PAIXÃO: DOIS SENTIMENTOS DISTINTOS 11 26/09/2018
0 A VIDA NÃO NOS LEVA, NÓS A CRIAMOS 14 23/09/2018
0 A INFELICIDADE DE ALGUNS FILÓSOFOS E ALGUNS OUTROS MORTAIS 11 22/09/2018
0 NO COSMO DA MINHA MENTE 14 21/09/2018
0 DONO DO TEMPO 12 21/09/2018
0 VENDO OS DIAS PASSAREM 27 12/09/2018
0 EMOÇÕES 13 12/09/2018
0 O ALÉM AQUI DO LADO, IMEDIATAMENTE AO LADO 13 12/09/2018
0 RELIGIÕES DO MEDO: PAÍSES ATRASADOS 16 09/09/2018
0 O AQUECIMENTO GLOBAL E O JUÍZO ÚLTIMO 27 03/09/2018
0 FIÉIS ADORMECIDOS E ATEUS – DOIS POLOS NO MESMO ERRO 23 01/09/2018

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.