Total Visualizações: 261545
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2642

Amigos Recentes

2663 LUCONI875 MARILEUZA RODRIGUES O ZANATA1774 PERGENTINO JUNIOR1121 THALYA SANTOS133 MAURINY BATISTA622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO613 SEDNAN MOURA548 CLAUDIANNE DIAZ
Meus amigos...
Foto de Capa Efuturo ALEXANDRE BRUSSOLO 285
Todos os textos de: ALEXANDRE BRUSSOLO
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Busca (R03)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

As lendas não se fazem, elas acontecem. Uma coisa estranha de se pensar. Lendas, o que são? Trazem no seu interior grande conteúdo moral e às vezes dramático.
Diz-se de um menino que correu o mundo, solitário em sua busca . Procurava em seus sonhos o sentido da vida e do mundo
Em sua jornada muitos sábios encontrou. Não tinham nomes, apenas conhecidos por seus pseudônimos.
O primeiro sábio conhecido como Maestro, foi procurado pelo menino por este ter escutado ser este sábio, dotado de grande sentimento e ter cantado o sentido da vida.
__ Maestro, sou um menino solitário que venho de terras longínquas , buscando a verdade do mundo e a verdade da vida.
Pequeno menino, vieste ao lugar errado. Eu só cantei a vida toda para alegrar e trazer um pouco de felicidade à vida do homem através das canções. Do mundo nada sei, mas da vida só sei que é como uma caixa de música , nos reserva grandes surpresas. Vá siga o seu caminho.
O menino um pouco constrangido por ainda não ter alcançado o seu destino continuou a caminhada.
A vida para ele continuava sem sentido e o mundo sem forma. Ficou ele sabendo ,por um viajante, de um outro sábio de nome Mago, dotado de visões, e talvez pudesse ajudá-lo.
__ Mago, estou aqui em busca de um sonho verdadeiro...
__ Vieste à procura de seu lugar no mundo jovem?
Espantou-se quando este lhe revelou o seu propósito.
__ Sim.
__ Ainda estás no lugar errado. Do mundo nada sei, da vida só posso lhe alertar que basta um pouco de magia e viverás bem. Vá, siga o seu caminho e acharás as respostas de que precisa.
Pé na estrada e lá estava o menino rumo à sua busca . Foi atrás de um sábio conhecido como Pai.
__ Vim atrás do sentido da vida e do mundo.
__ Só poderei dizer-lhe a verdade com uma pequena ajuda.
Na sua ingenuidade ele pagou.
__ Do sentido do mundo nada sei e muito menos da vida.
Boquiaberto saiu de lá correndo, e já cansado sentou-se numa pedra no meio do caminho e começou a chorar.
Um homem de aparência bondosa e voz doce perguntou-lhe o que acontecia. O menino contou-lhe o que buscava e o que disseram-lhe os sábios e depois perguntou:
__ Quem é você?
__ Me chamam de Mestre.
__ Você é um sábio?
__ Apenas um peregrino, levando conforto aos corações desconsolados.
__ O Senhor tem uma explicação à minha busca?
__ Do mundo nada saberás, da vida basta vivê-la e do presente tudo entenderás.
__ Mas a resposta é tão simples assim?
__ A vida é como a resposta, quanto mais simples mais fácil.
__ E o mundo?
__ Quanto menos nele pensar , mais dele entenderás.
E assim aquele bom homem continuou sua caminhada com mais doze homens que estavam à sua espera.
A resposta estava todo o tempo dentro de seu pequenino coração , só não conseguia enxergar, e o que tanto procurava sem êxito o achou, e a resposta veio da boca daquele homem de voz branda e doce conhecido como Mestre. A busca tinha acabado.


Alexandre Brussolo (04/12/1994)



 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 78
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Devaneio (T89) 74 29/11/2008
0 Amor (T109) 92 29/11/2008
0 Desejo de um Monarca (T104) 71 28/11/2008
0 Deus (T70) 78 28/11/2008
0 Desconexo (T68) 53 28/11/2008
0 Descoberta (T31) 56 28/11/2008
0 Depressão (T33) 66 28/11/2008
0 Declaração de um Destino (T07) 71 28/11/2008
0 Crise Existencial (T96) 74 28/11/2008
0 Confissão (T12) 76 28/11/2008
0 Clamando ajuda a Deus (T50) 69 28/11/2008
0 As Sete Sagas (T106) 72 28/11/2008
0 Cinderela (T35) 67 26/11/2008
0 Ciclo Vicioso (T77) 73 26/11/2008
0 Cherry (T54) 64 26/11/2008
0 Cavaleiro Andante (T10) 57 26/11/2008
0 Campo (T28) 72 26/11/2008
0 Busca (R03) 78 25/11/2008
0 Busca (T88) 74 25/11/2008
0 Brasil (T14) 95 25/11/2008
0 Benção aos Homens (T55) 60 25/11/2008
0 Amargura, Tristeza, Agonia, Lamento (T95) 71 25/11/2008
0 Assassinato sem Crime (R02) 77 23/11/2008
0 Baleia, só mais uma vítima (T24) 81 23/11/2008
0 Apocalipse (T45) 100 23/11/2008
0 Apelo dos Animais (T73) 63 23/11/2008
0 Amor (T59) 83 23/11/2008
0 Amor (T16) 78 22/11/2008
0 Amor é Vida (T65) 74 22/11/2008
0 Amazônia (T29) 88 22/11/2008