Total Visualizações: 15015
Texto mais lido:
A ARTILHARIA DA DIREITA (5 anos de artilharia) - Total: 1026

Amigos Recentes

622 SANTO VANDINHO1121 THALYA SANTOS587 RODRIGO GIOVANI BORCHARDT477 ADEMYR BORTOT613 SEDNAN MOURA440 ARMANDO MUNIZ POETA444 DRILLY MANFRE3 JÚLIO CÉSAR DE ALMEIDA VIDAL
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 202 Todos os textos de: EACOELHO
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ESTRELA CADENTE


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

E eu caminhava pela estrada de chão,
Que ia cortando o vale e os morros tão perto,
Eu pisando o barro da estrada crua em cada passo,
Que se ia estreitando ao longe, perdendo-se da vista.

Lua branca no céu, clareando todo caminho,
Formando sombras que até faziam medos,
E o céu salpicado de estrelas me seguia,
Diamantes reluzentes pregados no teto do mundo,
Cintilando mais luzes, pintando a noite de mistério.

Olhos na estrada que seguia ainda longe,
Pensamentos viajando naquele céu encantado
Vagando entre as estrelas, ora descansando na lua,
Buscando no peito o poeta, então quieto, sem verbos.

Céu também quieto, aninhando a lua,
Estrelas espalhadas desordenadamente,
E a brisa da noite tocando meu rosto,
E eu caminhava e me embebedava em êxtase.

E exatamente quando pensei em ti,
E a desejei ali comigo, caminhando assim,
Olhado comigo o céu tão lindo, a lua tão nua,
Uma estrela se revolta e se faz cadente,
E corta o céu num risco de fogo,
E vai se esconde atrás do morro,
E lá fica, só espreitando meus pensamentos,
Talvez chamando todos os anjos,
Para benzer as minhas lembranças tuas.

EACOELHO

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 344
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
1 A ARTILHARIA DA DIREITA (5 anos de artilharia) 1026 03/04/2018
1 CASULO 470 28/12/2011
1 DESIGUAIS 419 26/12/2011
1 NATAL - DOS CORRUPTOS 331 23/12/2011
1 SEM SENTIDO 312 22/12/2011
1 PARA SEMPRE 332 22/12/2011
1 VEM DE TI 319 28/07/2010
1 AVISO AOS HIPÓCRITAS 427 25/07/2010
1 SEJA FELIZ 360 24/07/2010
1 CÉU DA TUA BOCA 429 20/07/2010
1 CORAÇÃO DE POETA 369 20/07/2010
0 MERCADOR DE ILUSÕES 243 09/07/2010
0 CONCLUSÕES 379 09/07/2010
0 A MULHER QUE EU AMO 380 09/07/2010
0 SEM QUERER 257 04/07/2010
0 SEDUÇÃO 254 04/07/2010
0 O QUE FAÇO AGORA 248 02/07/2010
0 RECORDAR É VIVER 244 01/07/2010
0 PERNAS CRUZADAS 249 30/06/2010
0 COPA DO MUNDO - INDUSTRIA DE EMOÇÕES 390 30/06/2010
0 LADRAO DE ESTRELAS 263 30/06/2010
0 ESTRELA CADENTE 344 30/06/2010
0 DIA SEGUINTE 367 30/06/2010
0 CONTROVÉRSIA 368 30/06/2010
0 CATACLISMA 361 30/06/2010
0 APENAS 366 30/06/2010
0 A MULHER DA MINHA ALDEIA 361 30/06/2010
0 A REDE DO MEDO 384 18/06/2010
0 CAIPIRA 414 18/06/2010
0 CONVERSA DE HOMEM 360 16/06/2010