Total Visualizações: 45454
Texto mais lido:
Haicais Lusitanos (4) - Total: 720

Amigos Recentes

613 SEDNAN MOURA385 ANDRADE JORGE587 RODRIGO GIOVANI BORCHARDT477 ADEMYR BORTOT440 ARMANDO MUNIZ POETA416 RECICLA SÃO GONÇALO444 DRILLY MANFRE3 JÚLIO CÉSAR DE ALMEIDA VIDAL
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 218 Todos os textos de: ZILDO GALLO
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

BAÚ DEBAIXO DA PONTE


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Debaixo daquela ponte
Passa boi
Passa boiadas
E eu também via passar
Um encantado cantador
O Sapo Cururu da beira do rio
E o Saci de perna única
E seu cachimbo fumarento
E até mesmo o Curupira
Sujeito esquisitão
Com os pés virados para trás
E muitos... muitos outros seres mágicos
Deste mundo de meu Deus.

Debaixo da ponte mágica
Tudo... tudo passa
E sempre continuará passando
Passo eu
Passas tu
Até o rabo do tatu
Passo eu
Passa tudo
Até o Chico Barrigudo.

Mas debaixo da ponte mágica
Só o tempo nunca passa
E sob ela anda-se para trás
E volta-se a ser criança
Por isso lá bem embaixo dela
Tenho medo de passar
Um medo de dar arrepios
Pois sei que bem guardado lá está
E muito... muito bem fechado
O baú de toda minha história
E só eu tenho as chaves...

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 92
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 BIG BANG: (re)nascimento 64 02/01/2019
0 BICHO PAPÃO 75 02/01/2019
0 BAÚ DEBAIXO DA PONTE 92 02/01/2019
0 A LUA E O MAR 185 02/01/2019
0 A POESIA (o poeta e sua sina) 181 02/01/2019
0 ALÉM DAS SOMBRAS DA CAVERNA 152 02/01/2019
0 FINGE DORES (para Fernando Pessoa) 73 01/01/2019
0 DOCES ENGANOS 67 01/01/2019
0 REZA ÀS MÃES DAS ÁGUAS 75 01/01/2019
0 DESEJO DE SAPO 66 01/01/2019
0 PLANEJAMENTO URBANO 74 01/01/2019
0 ROTINA 68 01/01/2019
0 HAICAI DA BORBOLETA 71 01/01/2019
0 As abelhas de Gavião Peixoto: um holocausto ainda impune 88 01/01/2019
0 ÉTICA E ECONOMIA: UM BATE PAPO COM VÁRIOS AUTORES DE VÁRIOS TEMPOS 61 31/12/2018
0 PORTAL DO CÉU (CORAÇÃO) 67 30/12/2018
0 LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE EM 2019 63 30/12/2018
0 PÉROLAS AOS PORCOS 101 30/12/2018
0 O POETA E O CIDADÃO 66 30/12/2018
0 Reflexões: o Papa Francisco, a Oração de São Francisco e os dias de hoje 66 30/12/2018
0 A empresa do futuro e a produção de valores sustentáveis: ou vai ou racha! 172 30/12/2018
0 Gestão de recursos hídricos: porque imitamos os franceses 66 30/12/2018
0 GANGA MÃE E OUTRAS MÃES 89 29/12/2018
0 PERERECA POROROCA PURURUCA 79 29/12/2018
0 PÉ RAPADO 63 29/12/2018
0 RUMO AO OCEANO: UM TRIBUTO À PAZ 77 28/12/2018
0 UMA NOVA ÉTICA PARA O PLANETA 57 28/12/2018
0 Urbanização e meio ambiente: crises sociais e ambientais 62 28/12/2018
0 O lixo em Americana, a sociedade de consumo e o consumismo 66 27/12/2018
0 Cântico das criaturas: uma volta à natureza na Carta do Papa Francisco 63 27/12/2018