Total Visualizações: 7107
Texto mais lido:
DELÍRIO DE PEIXE - Total: 104

Amigos Recentes

492 MARIA HILDA DE J. ALÃO1121 THALYA SANTOS622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO3 JÚLIO CÉSAR DE ALMEIDA VIDAL1 CLÁUDIO JOAQUIM DOS SANTOS BRAGA2 ANA PAULA SANTOS74 ANA CLAUDIA SANTOS DE LIMA BRAGA
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 324 Todos os textos de: PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

O CULTIVO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Planta-se morte como quem admira canários:
antes o canto, depois as gaiolas.
Cultiva-se a morte como quem cultiva um amor,
pérola ordinária
a dourar a consciência do homem.
Identifica-se a morte como quem classifica um
legume.
A semente pode ser ponto de bingo,
conta de colar,
confete.
Prepara-se a morte como quem apronta terra e
mar
até que o morto desabroche
e morrendo em flor preceda,
um cortejo de pássaros,
o séquito das ostras,
e a opulenta procissão
adornada por verduras frescas.
Aguarda-se a colheita da morte
e se arma a estufa celeste
ambiente sob controle,
embora o morto indiferente,
não obstante dentro do ataúde,
bem encontra a sua forma final,
de fungo enclausurado.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 50
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 AMOR ATO DEZESSEIS 9 23/03/2019
0 A MULHER DO LOUCO 5 22/03/2019
0 OS RETRATOS 5 22/03/2019
0 TRÊS OLHARES POSSÍVEIS 4 21/03/2019
0 ENTRE A BALA E A BORBOLETA 4 21/03/2019
0 MARCAS COLORIDAS 5 20/03/2019
0 SAUDADE ATO DEZESSEIS 5 20/03/2019
0 PARA OUTRO IDOSO 5 19/03/2019
0 A MÚMIA 9 18/03/2019
0 SAUDADE ATO QUINZE 16 10/03/2019
0 REMATE FILOSÓFICO 26 02/03/2019
0 O MORTO APAIXONADO 14 01/03/2019
0 SONHOS DO PASSAGEIRO XIS 9 01/03/2019
0 COMBINAÇÕES 15 27/02/2019
0 CHUVAS NO JARDIM-BOTÂNICO 15 24/02/2019
0 DUAS HISTÓRIAS 13 23/02/2019
0 FELINAS NA CHUVA 13 23/02/2019
0 MOMENTOS DE AMOR 18 20/02/2019
0 TRÊS OLHARES POSSÍVEIS 38 09/02/2019
0 AMOR ATO OITO 35 04/02/2019
0 AMOR ATO UM 39 31/01/2019
0 A FORMIGA ALHEIA 35 28/01/2019
0 TUBARÕES NÃO PRECISAM DE SANGUE 27 27/01/2019
0 CHUVA INCOMPREENSÍVEL EM SÃO PAULO 48 18/01/2019
0 A DESCONSTRUÇÃO 27 18/01/2019
0 UNI VERSOS POSSÍVEIS 43 04/01/2019
0 BISCOITOS VIRTUAIS 43 02/01/2019
0 HORA LÍQUIDA 36 30/12/2018
0 CEMITÉRIO DOS AFLITOS 25 29/12/2018
0 FUTEBOL-REDBOL 41 23/12/2018