Total Visualizações: 681
Texto mais lido:
A chácara do Chico Bolacha - Total: 170

Amigos Recentes

630 PEDRO PAULO DA SILVA MEDEIROS285 ALEXANDRE BRUSSOLO1287 DENIS BRAGA QUINTANILHA1265 GIVA BASTOS1294 VALKIRYA DA SILVA LIMA1252 ISABEL NETTO874 LUCIMARA CACCIA FAVERSSIANI497 ANDRÉ SOSKA
Meus amigos...
Foto de Capa Efuturo MARILEUZA RODRIGUES 875
Todos os textos de: MARILEUZA RODRIGUES O ZANATA
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

O REFORMADOR DO MUNDO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Américo Pisca-Pisca tinha o hábito de pôr defeito em todas as coisas. O mundo para ele estaria errado e a natureza só fazia asneira.
- Asneira, Américo?
- Pois então?... Aqui mesmo, neste pomar, você tem a prova disso. Ali está uma jabuticabeira enorme sustentando frutas pequeninas, e lá adiante vejo uma colossal abóbora, presa ao caule de uma planta rasteira. Não era lógico que fosse justamente o contrário? Se as coisas tivessem de ser reorganizadas por mim, eu trocaria as bolas, passando as jabuticabeiras para a aboboreira e as abóboras para a jabuticabeira. Não tenho razão?
Assim discorrendo, Américo provou que tudo estava errado e só ele era capaz de dispor com inteligência o mundo.
Mas o melhor, concluiu, é não pensar nisto e tirar uma soneca à sombra destas árvores, não acha?
E Pisca-Pisca, piscando que não acabava mais, estirou-se de papo para cima à sombra da jabuticabeira.
Dormiu. Dormiu e sonhou. Sonhou com um mundo novo, reformado inteirinho pelas suas mãos. Uma beleza!
De repente, no melhor da festa, plaft! uma jabuticaba cai do galho e lhe acerta em cheio o nariz.
Américo desperta de um pulo. Pisca-Pisca medita sobre o caso e reconhece, afinal, que o mundo não era tão mal feito assim. E segue para a casa refletindo:
- Que espida!... Pois não é que se o mundo fosse arrumado por mim, a primeira vítima teria sido eu? Eu, Américo Pisca-Pisca, morto pela abóbora por mim posta no lugar da jabuticaba? Hum! Deixemo - nos de reformas. Fique tudo como está que está tudo muito bem.
E Pisca-Pisca continuou a piscar pela vida à fora mas já sem a cisma de corrigir a natureza.

Monteiro Lobato

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 125
[ 6 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 A Coruja e a Águia 52 18/06/2019
0 A história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano 111 04/12/2018
0 A chácara do Chico Bolacha 170 27/09/2018
0 O REFORMADOR DO MUNDO 125 19/09/2018
0 O LEÃO E O MOSQUITO 113 04/09/2018
0 A maior mentira de Chicó 110 28/08/2018