Colunista Efuturo: ELIAS ROCHA

Colunista: ELIAS ROCHA GONÇALVES
Educação 5.0

http://lattes.cnpq.br/7761418717132366

O DIA EM QUE A TERRA PAROU. Coronavírus: quanto tempo durará?

Efuturo Matéria: O DIA EM QUE A TERRA PAROU. Coronavírus: quanto tempo durará?
Total de Leituras: 65

*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***


Descrição:
Diante dos acontecimentos todos têm razão: A TERRA PAROU. Nunca soube de que a Praça de São Pedro não teria um fiel. Que o Parque da Disney estaria fechado. Que a minha mulher teria que ficar comigo durante uns quinze dias sem me beijar ou me “tocar”.
O DIA EM QUE A TERRA PAROU. Coronavírus: quanto tempo durará? Elias Rocha Gonçalves.1 Comungo dos ensinamentos dos Mestres Pe. Rifan e do Dr. Elmar Matins e, desta mesma fonte, parafraseio o Cantor/Poeta Raul dos Santos Seixas que dizia que era baiano de Quem Nhem Nhem e que um DIA A TERRA IRIA PARAR.Diante dos acontecimentos todos têm razão: A TERRA PAROU. Nunca soube de que a Praça de São Pedro não teria um fiel. Que o Parque da Disney estaria fechado. Que a minha mulher teria que ficar comigo durante uns quinze dias sem me beijar ou me “tocar”.Nota-se que algo invisível chegou e colocou tudo no lugar. De repente os combustíveis baixaram, a poluição baixou, as pessoas passaram a ter tempo, tanto tempo que nem sabem o que fazer com ele, os pais estão com os filhos em família, o trabalho deixou de ser prioritário, as viagens e o lazer também.De repente, silenciosamente, voltamo-nos para dentro e entendemos o valor das palavras solidariedade e família. Veja bem: esqueci o celular! Que coisa incrível. Até o ele (o celular) que nunca me deixou em paz para rezar as minhas orações na missa do Pe. Crimário silenciou.Num instante damos conta de que estamos todos no mesmo barco. Ricos e pobres. Crianças e velhos, que as prateleiras do supermercado estão vazias e os hospitais cheios e que o dinheiro e os seguros de saúde que o dinheiro pagava não têm nenhuma importância porque os hospitais privados foram os primeiros a fecharem as suas portas. As garagens estão paradas igualmente aos carros topo de gama ou ferros-velhos simplesmente porque ninguém pode ou deve sair.Bastou meia dúzia de dias para que o Universo estabelecesse a igualdade social que se dizia ser impossível de repor. O MEDO invadiu a todos. Notadamente, pelo menos isso sirva para nos darmos conta da vulnerabilidade do ser humano. Não se esqueçam: bastou a TERRA PARAR UM DIA. Nem a OI estava VIVA, CLARO, não se poderia fazer um TIM TIM nos bares e nem nos restaurantes. A INTERNET só serviu para notícias ruins. Bastou a TERRA parar por alguns dias.Guimarães Rosa profetizava: “O correr da vida embrulha tudo! A vida é assim: esquenta e esfria. Aperta e daí afrouxa. Sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem!” Neste momento, todos nós precisamos “dar as mãos” e enfrentarmos a situação atual. Escrevo aqui para te ajudar a enxergar todo o momento numa perspectiva mais positiva, otimista e encantadora. A VIDA É BELA! Comecemos a ouvir os ensinamentos e o silêncio das Escrituras: estamos de corações e mãos sedentas, precisávamos mudar de vida.1 - Professor/Pesquisador e Membro da Academia Campista de Letras e da PEDRALVA Letras e Artes.

É necessário estar logado para poder COMENTAR O TEXTO!