Total Visualizações: 98
Texto mais lido:
Diário de um depressivo - Total: 71

Amigos Recentes

1 CLÁUDIO JOAQUIM DOS SANTOS BRAGA
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 992 Todos os textos de: LUCAS MENEZES
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Um novo caminho

Bom dia, boa tarde e boa noite!

Antes de lerem o texto, estou aqui porque decidi criar um blog para meus textos. Gostaria que olhassem quando puderem, no link no final do texto. Agradeço desde agora.

Você já teve, alguma vez, um dia muito ruim?
Não tem nada mais CRUEL que a MEMÓRIA. Aqueles TROVÕEZINHOS. Penetras dentro da cabeça, GRITANDO através de suas sinapses. Inevitáveis, implacáveis... nem um pouco amigáveis. Você não escapa nem se ficar LOUCO!
Aí você encontra alguém que muda sua vida e você sente que nem sabe mais quem você é. Não é engraçado como um simples encontro ARRANCA pedaços do seu passado, DISTORCE suas memórias e sua personalidade até você repensar toda sua identidade. E quando percebe como isso tudo é bobo, sua GARGALHADA ecoa nos muros do próprio vazio.
Quer saber uma coisa engraçada? Eu via o destino como uma coisa MÁ, predeterminada, não por uma força maior, mas pela NATUREZA humana. Mas tudo mudou.
Você já teve a sensação de que sua vida inteira foi construída para chegar àquele exato momento? Hoje eu percebo que todas as LUTAS, OS DIAS RUINS, as BRUTALIDADES... foram obra do destino. Não existem encontros casuais. Tudo tinha que acontecer. Tudo levando até quem eu encontrei hoje! Sim. E posso dizer que isso mudou TUDO.
Você já parou pra pensar como nosso mundo é vil? Como é solitário passar por toda essa desgraça e sujeira sem mais ninguém? Claro. É claro! Mesmo no meio de um monte de gente maluca, você fica tão sozinho que pode chutar, bater e espernear... e ninguém se importa. É como se você não existisse. Eu me sinto... eu sinto, às vezes que estou preso nesse caminho para lugar nenhum, para o vazio. Mas agora... eu me sinto à deriva... é como se alguém tivesse puxado a tampa da minha realidade e eu tivesse descido pelo RALO para uma coisa nova. É tudo bem emocionante!
Foi tudo de repente. Parece que era pra acontecer...




http://whysoseriussontmwl.blogspot.com
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 27
[ 2 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Um novo caminho 27 27/08/2018
0 Diário de um depressivo 71 28/06/2018

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.