Total Visualizações: 28
Texto mais lido:
Diário de um depressivo - Total: 28

Amigos Recentes

1 CLÁUDIO JOAQUIM DOS SANTOS BRAGA
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 992 Todos os textos de: LUCAS MENEZES
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Diário de um depressivo

28 de junho de 2018. Chove lá fora. Faz muito frio. Sentimento de melancolia, se eu disser que não gosto disso é uma grande bobagem. Muito pelo contrário, é para mim o clima perfeito, porém, às vezes este sentimento de melancolia me deixa melancólico. Deixa-me cabisbaixo, fraco, impotente, enfim, triste. Triste comigo mesmo. Triste com umas pessoas, principalmente a que deveria ser meu pilar.
Ultimamente venho tendo a impressão que está tudo errado em minha vida. Emprego, amizades, relacionamento. Porém, tudo isso se baseia em escolhas que fiz. Escolhas essas que implicam no que estou me tornando, uma pessoa amargurada. Gostaria de ter neste momento a certeza de tudo que estou fazendo na minha vida. Eu sempre acabo pondo os interesses de outros e o bem-estar à frente dos meus. Sinceramente, eu não me amo o suficiente.
Desconfio de tudo e de todos. Isso é resultado de coisas do passado, porém, jamais consegui superar. Estou em constantes altos e baixos, mais baixos do que altos, isso acaba comigo. Tenho tido pensamentos suicidas após anos, pensamentos esses que acabam por exterminar qualquer brilho de felicidade em meu coração e mente. Infelizmente sou necessitado de atenção de uma pessoa a qual às vezes aparenta não estar nem aí. Não tenho mais coragem de cometer aqueles três erros que cometi no passado. Aliás, hoje me arrependo, mas durante muito tempo achei estritamente correto. Será que esse desespero por atenção pode me corromper tanto assim? Uma pessoa vale tanto a pena desta forma?
Amor próprio foi algo que sempre me faltou. Quantas vezes menti para pessoas apenas para me enquadrar, fazer amizades, me sentir dentro de algo. Bom, hoje eu me arrependo de tudo isso. Porém, não nego que muitas coisas boas isso me proporcionou. Momentos maravilhosos esses.
Todo dia me pego a pensar em tudo que devo fazer pra melhorar os meus problemas, pois, eu sei como resolvê-los. O problema é executá-los, colocá-los em prática. Enfim, me falta amor próprio. Falta-me coragem. Falta-me iniciativa. Falta-me ser EU.
Espero que eu consiga seguir em frente, pensar em mim e o mais importante: ser feliz. A minha infelicidade afeta muitas pessoas e não gosto disso. Sempre tive todas as fórmulas de meus problemas, mas nunca a coragem de coloca-los em prática.
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 28
[ 1 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Diário de um depressivo 28 28/06/2018

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.